Como Abrir uma Loja Virtual e Ter o Domínio Total das Suas Vendas

Produtos mencionados
Criar e manter uma loja virtual exige ações que vão além de cadastrar os produtos em um site. Entenda.

Devido a crise causada pelo COVID-19, inúmeros setores tomaram força no e-commerce. Mas esse não é o único motivo. Desde que os empreendedores perceberam que um comércio on-line pode atingir muito mais pessoas que um físico, o desejo de saber como abrir uma loja virtual vem crescendo na cabeça de muitos comerciantes.

Não é porque independe de localização e infraestrutura que ter uma loja virtual não pede investimento, planejamento e estratégia. Se você está embarcando nessa empreitada e quer passar por ela com segurança, leia mais!

Os passos para ter uma loja on-line

Antes de colocar a mão na massa e já disponibilizar seus produtos na internet, é importante passar por algumas etapas. Você verá que, com esses passos bem planejados, o processo ficará mais fácil assim como as chances de sucesso maiores.

Determine o seu investimento

O quanto de dinheiro você irá investir dependerá do tipo de produto vendido, assim como o tipo de plataforma que você vai usar. Considere também ações de marketing, publicidade e embalagens de envio nesse cálculo.

Defina o seu público-alvo

Tenha claro para quem você está vendendo o produto. Isso vai facilitar na identificação da melhor plataforma de venda, o design da loja e também como e onde é mais vantajoso divulgar os seus produtos. Por fim, estude a média de consumo desse público, isso evita prejuízos e mercadoria parada no estoque.

Planeje estrategicamente a organização da loja

Fazer com que o usuário tenha uma boa experiência dentro da sua loja é fundamental. Se a navegação dele for complicada e pouco intuitiva, é capaz que o cliente abandone a compra logo no começo.

Pensando no seu público-alvo e detalhes do perfil do seus potenciais clientes, organize seus produtos por seções, tenha uma boa descrição técnica do produto, imagem do produto e deixe as informações bem visíveis sobre prazo de entrega, valor do frete e meios de pagamento.

Qual será a estrutura do e-commerce?

Para entender como abrir uma loja virtual bem sucedida, é preciso pensar na sua estrutura. Ou seja, é necessário saber se você vai criar sua loja online do zero, ou vai contar com um Marketplace (espécie de shopping on-line).

O Marketplace é interessante para quem ainda não pode investir muito na divulgação da loja pois esse “shopping digital” já possui certo tráfego de clientes. No entanto, com um Marketplace, sua loja não terá um domínio próprio nem layout personalizado, já que a estrutura só oferece modelos prontos.

Se além de saber como abrir uma loja virtual você quiser ter nas mãos todas as rédeas do negócio, o mais indicado é adotar as opções a seguir:

  • plataforma gratuita: você pode personalizar a loja, no entanto, em quesitos de hospedagem e manutenção alguns serviços desse tipo podem deixar a desejar;
  • plataforma paga: é um software mais elaborado com maior estabilidade e atualizações constantes.
  • plataforma própria: opção onde você tem total domínio da personalização e funcionamento do site.

Se optar por algumas dessas alternativas, você precisará verificar se o domínio está disponível. Geralmente o endereço de uma loja on-line é o próprio nome dela, mas, caso veja que o registro com certo nome não está disponível, realizar mudanças é permitido desde que não sejam muito diferentes do nome da loja.

Domine as vendas com o Marketing Digital

A sua loja virtual não vai aparecer espontaneamente nos resultados de pesquisa dos seus potenciais clientes. Para isso é preciso adotar uma boa estratégia de marketing. Existem duas formas de atrair compras: divulgação orgânica e paga. Na lista de estratégias estão:

  • otimização de sites para mecanismos de busca: você otimiza tanto a estrutura de código do sua loja, como o design, imagens e conteúdo. Dessa forma é possível aparecer logo nos primeiros resultados de busca,
  • mídia paga: funcional para atrair tráfego por meio do Google Ads, Google Shopping e dentro de redes sociais,
  • e-mail marketing: enviar e-mails de aniversário ou avisos de promoções é uma boa tática. Mas use-a com parcimônia porque ninguém gosta de ter uma caixa de e-mails lotada e, o pior, sem ter aceitado receber essas mensagens,
  • redes sociais: criar conteúdo de qualidade é uma boa estratégia. Isso atrai potenciais clientes e engaja os que atuais. Para que funcione bem, descubra quais redes sociais o seu público está presente.

Como abrir uma loja virtual com segurança

Para ter um site seguro é preciso escolher a plataforma dela com cuidado. A GoDaddy, por exemplo, já oferece uma plataforma com SSL (Secure Sockets Layer), um mecanismo de criptografia que aumenta a segurança dos dados compartilhados pela web. Com ele, seu site apresenta um ícone de cadeado ao lado da URL, mostrando para o cliente que é seguro.

Além disso, realizar backups, não armazenar dados pessoais dos clientes e atualizar seu sistema são práticas muito indicadas para manter sua loja segura. Para ter mais dicas sobre esse assunto, confira nosso artigo sobre segurança para e-commerce.

Agora que você já sabe como abrir uma loja virtual, é hora de tirar a ideia do papel e conhecer as soluções e serviços que a GoDaddy oferece. Para saber mais sobre esse e outros assuntos, não deixe de acompanhar nosso blog!

Imagem de: https://unsplash.com/