Como as Fake News Podem Prejudicar sua Marca

Blindagem contra notícias falsas!

O termo fake news tomou força no cenário mundial em 2016, quando, durante a corrida presidencial norte-americana, conteúdos falsos sobre a candidata Hillary Clinton foram amplamente divulgados pelos eleitores de Donald Trump.

Apesar disso, a ideia do conceito não é, na verdade, tão nova assim. Desde o século XIX, alguns países de língua inglesa utilizavam a expressão “false news” para denominar boatos de grande circulação.

Notícias falsas sempre estiveram presentes na história, a diferença se dá no termo utilizado nos dias de hoje e na força que esse tipo de material adquiriu nos últimos anos com o advento da internet.

Muitas pessoas não sabem, mas a produção e a veiculação de fake news compõem um verdadeiro mercado de informações. É preciso ficar atento e compreender a essência de conteúdos virais como esse, para que não prejudique sua marca ou seu negócio, e é exatamente sobre esse assunto que falaremos no artigo de hoje.

Por que as pessoas compartilham fake news?

Entender as razões pelas quais a população compartilha fake news é o primeiro passo para saber como esse tipo de material pode impactar negativamente sua marca. O fenômeno, na verdade, é bastante curioso.

Muitas pessoas compartilham notícias falsas sem a intenção de prejudicar alguém, simplesmente porque acreditam naquelas informações. O que acontece é que, em casos como esse, o leitor sequer checa a veracidade dos dados, já que tende a levar a sério matérias que estejam em concordância com seu modo de pensar.

A checagem dos fatos também é um dos motivos, já que, muitas vezes, as pessoas não compreendem a importância de entender de onde aquela notícia está vindo. O desejo de hostilizar quem tem opiniões contrárias também pode ser considerado um motivo, principalmente no âmbito político.

O compartilhamento de fake news tomou proporções tão grandes que, para resolver o problema, é preciso tomar medidas estruturais. Deve-se discutir sobre o assunto nas escolas, incentivar a consciência e educar a população para realizar procedimentos adequados para confirmar a origem das informações veiculadas.

Como esse tipo de conteúdo pode prejudicar minha marca?

As fake news são intencionalmente produzidas com o objetivo de chamar a atenção, em grande parte das vezes, de maneira negativa.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Opinion Box, cerca 37% dos entrevistados afirmaram já terem compartilhado alguma notícia falsa sem saber. Destes, 57% apagaram o conteúdo, mas apenas 29% desmentiu os dados. Para completar, ainda de acordo com a pesquisa, 33% acredita que as redes sociais contam com mais informações falsas do que verdadeiras.

O primeiro impacto negativo que sua marca pode sofrer, caso seja alvo de disseminação de fake news, é em matéria de branding, ou seja, da imagem da própria empresa. As informações levar a falta de credibilidade do público com a marca, consequentemente, levando a perda de clientes e de contratos. Em casos extremos, pode acontecer um boicote total.

Além disso, também pode haver impactos diretamente relacionados com os colaboradores da empresa. Em matéria de atração e retenção de talentos, por exemplo. As pessoas não vão querer continuar trabalhando ou sequer iniciar uma carreira com uma marca que se envolveu em algum tipo de polêmica.

Por essas razões, manter estratégias para mostrar a verdade e reerguer a história da marca é primordial.

O que fazer para não envolver minha marca com fake news?

É praticamente impossível desenvolver estratégias para manter a sua marca longe de fake news, já que não podemos controlar o que é veiculado on-line. Porém, caso você se torne um alvo desse tipo de prática, pode contar com algumas táticas para reconstruir sua imagem frente às notícias falsas. Transparência e comunicação são as palavras de ordem em cenários como esse.

Transparência

Tente trabalhar a transparência como um dos pilares de sua marca, sempre mostrando como se posiciona em relação a determinados assuntos, mantendo uma harmonia entre as atitudes e ações tomadas.

Clareza na comunicação

Além disso, é preciso ser extremamente claro em sua comunicação com o público e com os acionistas, sem entrelinhas. É fundamental esclarecer o ocorrido o mais rápido possível, a fim de reforçar os seus valores. De nada adianta comunicar apenas internamente, é preciso falar com todo o seu público externo também.

Gostou de aprender um pouco mais sobre as tão polêmicas fake news? O blog da GoDaddy Brasil posta artigos novos sempre, assim você pode se manter atualizado. Confira as novidades!

Nadjine Terhoch
Jornalista e apaixonada por literatura e fotografia, Nadjine Terhoch trabalha como Analista de Marketing de Conteúdo na Agência Mestre, produzindo uma grande variedade de materiais ricos e curiosos. Já foi colunista da Revista Casa Claudia e acredita nos comércios locais e pequenos produtores de sua região, optando por apoiá-los sempre que possível. Você pode se conectar com Nadjine no Instagram (@nadjine)