Como Avaliar a Velocidade do Seu Site com as Ferramentas do Google

Analise a velocidade do seu site de jeito simples e intuitivo!

Na era digital, criar uma página on-line para difundir ideias ou vender produtos e serviços pode ser um ótimo negócio. Mas, o desenvolvimento e a manutenção de uma casa virtual demandam tempo e muita dedicação. A velocidade do seu site, por exemplo, é um dos aspectos mais significativos para a experiência das pessoas e, consequentemente, para o Google considerá-lo como relevante. 

Mas, afinal, qual deve ser a velocidade do seu site?

De acordo com o Pingdom (website que analisa performance on-line), o tempo médio de carregamento de sites é de até 5 segundos — isso é considerado aceitável. Além disso, o analisador também afirma que, a cada um segundo a mais de carregamento, a taxa de conversão cai para 12%. 

Já o Google diz que o ideal é que um site carregue em até 2,5 segundos. Parece muito pouco tempo, não é mesmo? Mas, pense como o seu usuário: quanto tempo você costuma esperar para que um site carregue? 

Definitivamente, é possível afirmar que tempo é dinheiro, sim. Então, quanto tempo sua página virtual tem levado para abrir? E, mais do que isso, você tem ideia de como é possível conquistar melhorias para o seu site performar melhor? É sobre esses elementos tão essenciais que explicaremos a seguir. 

Para começar, confira algumas ferramentas do Google para avaliar a velocidade do seu site:  

PageSpeed ​​Insights

O PageSpeed Insights (PSI) é um dos recursos mais conhecidos do Google para você analisar a velocidade do seu site. A ferramenta, gratuita e intuitiva, mostra os resultados em duas frentes: desktop e mobile. Basicamente, a PSI avalia dois fatores dos site: 

  • exibição de conteúdo (FCP, sigla em inglês); 
  • carregamento do conteúdo DOM (DCL, sigla em inglês).

Ambas as métricas recebem uma mediana e, assim, o Google consegue classificar a página virtual em uma pontuação geral. Fora isso, a ferramenta ainda mostra uma pontuação que contempla o quanto o site foi otimizado e o quanto de espaço ainda há para fazer melhorias. 

A contagem é exibida assim: 

  • 80 ou mais (boa): grande parte das ações sugeridas de desempenho foi aplicada à página, então, o espaço disponível para outras otimizações é pequeno; 
  • 60 a 79 (média): algumas otimizações de desempenho não foram usadas na página. Sendo assim, o espaço disponível para otimização é médio; 
  • 0 a 59 (ruim): a página não foi otimizada e há muito espaço disponível para otimizações. 

Test My Site

A Test My Site também faz a avaliação do tempo de carregamento das páginas virtuais. Para isso, basta copiar e colocar o domínio do site no espaço indicado e dar ok. Logo, a ferramenta mostrará em quantos segundos foi feita a exibição dos conteúdos e o que isso significa, ou seja, se a página virtual está lenta, rápida ou mediana. 

Depois de verificar a análise do tempo de carregamento, você tem pode receber sugestões para otimizar o seu site. Além disso, também é possível gerar relatórios e compartilhá-los com a sua equipe. 

Mais algumas funções são a comparação da velocidade da sua casa virtual com outros sites e como as otimizações podem melhorar a média de visitantes, taxa de conversão e ticket médio. 

Google Analytics

O Google Analytics é mais uma ferramenta poderosa para avaliar qualquer site. Além de mostrar, por exemplo, dados e relatórios referentes ao número e origem de acessos, o G.A também gera documentos a respeito do tempo de carregamento das páginas virtuais. 

Para isso, siga o passo a passo: faça login na sua conta Google -> vá até a sua vista -> clique em relatórios -> acesse comportamento -> velocidade do site. 

Assim como as ferramentas anteriores, o G.A também dá alguns insights sobre como você pode melhorar a velocidade do seu site. Por tudo isso e muito mais, vale a pena conhecer mais sobre Google Analytics

Como melhorar o tempo de carregamento da sua página on-line?

Podemos citar dois dos principais fatores para deixar seu site mais veloz. O primeiro é sobre a hospedagem do domínio, que também deve oferecer suporte para conteúdo e segurança de navegação.

Já o segundo é a respeito das boas práticas do SEO (Search Engine Optimization), que trabalha com elementos on-page e off-page das páginas de um site, entre eles: 

  • URL simples e objetiva; 
  • criação de conteúdos com foco em palavras-chave; 
  • linkagem entre páginas de categorias e produtos;
  • tempo de carregamento e mais. 

Como dissemos no início, o sucesso de qualquer página virtual precisa de muita dedicação. Então, tudo pronto para fazer do seu negócio o melhor investimento? Não deixe de conhecer as soluções digitais da GoDaddy!

 Para outras informações e dicas como essas, continue aqui no blog