Como Escolher o Melhor Criador de Sites Para Seu Negócio em 2018

O grande primeiro passo.

Sites são um recurso indispensável para qualquer pequena empresa. Eles são como um funcionário em tempo integral para marketing, vendas e suporte que trabalha 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano, sem tirar férias ou dias de folga.

Enquanto isso parece ótimo, há um pequeno desafio que atrapalha:

Como você realmente constrói um site?

Existem algumas opções para escolher, todas com abordagens muito diferentes. Você pode fazer isso sozinho com um criador de sites como o Criador de Sites da GoDaddy, pode criar um site com o WordPress ou até mesmo contratar um desenvolvedor.

Qual é a melhor ferramenta de criação de sites?

Fui muito questionado sobre isso. Então, se você está nessa situação — ou  conhece alguém que está — eu desenvolvi uma espécie de lista de verificação para recomendar a solução certa. É tudo sobre como identificar:

  • o tipo de site que você precisa criar;
  • os recursos que você precisa;
  • os recursos disponíveis para você.

Que tipo de site você está construindo? 

Se você deseja estabelecer ou proteger sua identidade online, um site pessoal é um ótimo lugar para começar. Não precisa ser nada sofisticado — apenas uma introdução sobre quem você é, o que faz e as coisas de que gosta. Se você procura um novo emprego, ele pode mostrar sua experiência profissional e seus talentos.

Website Builder da GoDaddy

Porém, é diferente quando o assunto é um site para sua empresa. Ele deve ajudar os clientes em potencial, falar sobre sua empresa e mostrar formas de entrar em contato, seja para fazer uma ligação, enviar uma mensagem ou aparecer na sua porta.

Você está vendendo produtos? Um site de negócios com uma loja online é a solução. Ele permite exibir seus produtos, vendê-los em seu site e acompanhar todos os pedidos em um único lugar.

Mas e se você estiver vendendo mais do que apenas bens físicos? E se você estiver vendendo produtos digitais, como downloads de software, arquivos de mídia ou acesso a conteúdo restrito em um website?

E se seus produtos forem complexos? E se eles tiverem centenas de variações diferentes? E se você vender apenas certos produtos para determinados mercados?

É aí que o WordPress é útil. Sua extensa biblioteca de plugins de comércio eletrônico, como o WooCommerce ou Easy Digital Downloads, permite que você crie um site sob medida para suas necessidades específicas.

Quais recursos você precisa?

Como já mencionado, se você estiver criando um site para vender produtos, precisará de algum tipo de loja online ou funcionalidade de comércio eletrônico. Mas não vamos parar por aí. Há outros recursos comuns que os sites precisam, independentemente de estarem ou não vendendo produtos.

É melhor identificar esses recursos com antecedência, em vez de descobrir que algo não funciona depois que você já começou a criar o site.

Vamos dar uma olhada em alguns dos cenários mais comuns:

Você precisa de uma ferramenta de e-mail marketing?

Uma lista de e-mail marketing é um dos ativos mais valiosos que qualquer site pode ter. É uma linha direta para seu público-alvo, sejam eles clientes corporativos ou inscritos no blog. Uma ferramenta de e-mail marketing, como o GoDaddy Email Marketing, oferece uma maneira fácil de gerenciar sua lista, enviar e-mails e ver como os destinatários interagem com eles.

Os visitantes do site precisam ser capazes de criar contas de usuário?

Sites de associações, cursos on-line, lojas com perfis de clientes e blogs ou publicações com vários autores, todos exigem contas separadas para cada usuário.

Você precisa se conectar com serviços de terceiros?

O Google Analytics é amplamente suportado pela maioria — se não por todas — as ferramentas de criação de sites. Mas, se você quiser usar outro serviço de análise, como o gerenciador de tags do Google ou o Hotjar, a ferramenta de criação de sites precisará oferecer suporte a estes serviços ou permitir que você adicione um código personalizado. O mesmo vale para outras ferramentas, como LiveChat ou Sumo.

Você precisa publicar anúncios?

As propagandas são a força vital dos sites de mídia online, incluindo blogs independentes. Esses sites usarão uma rede de anúncios, como o Google AdSense, ou uma plataforma de gerenciamento de anúncios, como a DoubleClick, que geralmente exige algum nível de integração com o desenvolvedor ou suporte para código personalizado.

Quais recursos estão disponíveis para você?

Já identificamos o tipo de site que você vai criar e os recursos que você precisará. Ótimo! Agora precisamos pensar em que recursos você tem disponíveis.

Primeiro: quem vai criar o site?

Se você mesmo está criando o site, precisa de uma ferramenta fácil de usar.

Se não é você mesmo que vai criar o site, já tem alguém trabalhando com você? Ou você precisa encontrar um web designer ou desenvolvedor para transformar sua visão em realidade?

Quem vai gerenciar o site depois que ele for criado?

Websites nunca são “concluídos”. Eles sempre precisam de manutenção e atualizações. Um site de negócios, por exemplo, precisará de atualizações se as informações de contato forem alteradas ou para anunciar novas vendas e promoções.

Então, quem vai cuidar desse trabalho? Você vai gerenciar o site por conta própria? Várias pessoas vão administrá-lo? Você precisa contratar alguém para ajudá-lo a cuidar dele? Se você contratar alguém para ajudar, você quer que eles sejam locais para você?

Qual é o seu orçamento?

Qual é o dinheiro disponível para você investir na criação do site, com base no orçamento com o qual você está trabalhando?

Para sites pessoais, você não precisa gastar muito, pois o objetivo principal é compartilhar informações. Mas, para as empresas, você deve ter uma mente aberta sobre o retorno real do investimento que vem de ter um ótimo site.

Deixe-me explicar:

Como mencionei no começo deste artigo, um site de negócios pode ter várias funções diferentes:

  • pode ajudá-lo com marketing, atraindo novos clientes em potencial;
  • pode ajudá-lo com as vendas, seja por meio de pedidos online ou usando formulários de contato personalizados para segmentar os leads conforme são captados;
  • pode ajudá-lo com o suporte ao cliente, com informações sempre disponíveis;

Marketing. Vendas. Apoio. Suporte. Referências. Quanto isso vale? Quanto você pagaria por um funcionário que pode fazer tudo isso por você?

Um site não é apenas uma ferramenta de marketing. Não é apenas um amontoado de informações ou um anúncio. É um funcionário em tempo integral!

Agora, dito isto, eu entendo que o que vale e o quanto você pode gastar são duas coisas diferentes. Então, depois de estabelecer um orçamento anual, anote-o.

Qual é o seu deadline?

Esta é outra consideração que tem grande impacto na escolha do criador de sites certo.

Se você deseja colocar um site em funcionamento em alguns dias (ou até algumas horas), use uma ferramenta simples.

Se você tiver mais tempo disponível, talvez prefira trabalhar com uma ferramenta que lhe dê mais controle sobre a personalização da aparência e da funcionalidade do site.

O melhor criador de sites é o mais adequado às suas necessidades

Antes de escolher um criador de sites para você, reflita sobre:

  • que tipo de site você está construindo?
  • quais recursos você precisa?
  • quais recursos estão disponíveis para você?

Mas isso é apenas o começo. Você pode ir ainda mais longe, pensando em coisas como:

  • como você deseja que o site seja?
  • quais postagens ou páginas você criará?
  • o que você coletará dos visitantes do site por meio de formulários?

E com todas essas informações em mãos, você estará em uma ótima posição. Por que? Porque você determinou suas necessidades. Dessa forma fica muito mais fácil escolher um criador de sites ou até mesmo optar por um desenvolvedor.