Como Eu Promovo Meu Novo Site? Receita #6

Products mentioned
Criando conteúdos deliciosos

Então, você está com fome de iniciar seu próprio negócio — e Harry Redknapp, da GoDaddy, está mostrando a receita do sucesso.

  • de volta à receita nº 1, reunimos os ingredientes necessários para preparar um negócio de sucesso;
  • na receita nº 2, aconselhamos você a criar uma marca saborosa para o seu negócio e para si mesmo;
  • na receita nº 3, descobrimos que escolher o nome de domínio para o seu site é tão fácil quanto roubar doces de crianças;
  • na receita nº 4, conversamos com você sobre a criação de um site interessante;
  • na receita nº 5, introduzimos você à produção de um ótimo conteúdo.

Agora, te ajudaremos a promover seu novo site. Você pode ter a presença digital mais doce do mundo, mas se ninguém puder encontrá-lo, como vai fazer com que eles mordam seu pedaço de bolo?

Olhe para seu site como uma ferramenta. Ela está lá para ajudar seus clientes. Responda as perguntas deles. Depois, guie-os para ações lucrativas. O marketing digital é o farol que os orientará para seus negócios incríveis.

Você precisa investir e contratar uma equipe de marketing? Quando estiver pronto, intensificar as coisas sempre faz sentido. Por enquanto, porém, existem várias etapas que você pode seguir para tornar seu marketing digital mais forte do que Muhammad Ali.

Por que você precisa pensar sobre isso? Vamos te mostrar.

 Ingrediente #1: estratégia de conteúdo

Quer ir direto ao marketing? Espere e respire fundo. Claro, você ama o seu negócio. Portanto, é compreensível que queira divulgá-lo imediatamente. Antes de fazer isso, pense. Comece com uma estratégia. Isso aumentará enormemente a taxa de sucesso de todos os seus esforços de marketing digital.

Comece com uma estratégia de conteúdo. Isso pode parecer técnico, mas não se preocupe, não é. Tudo o que você criar a partir de agora para se promover terá suas bases em conteúdo. De blogs, vídeos, textos em mídias sociais até a e-mails, é essencial obter sua mensagem e tom de voz desde o início.

Estabeleça um plano de ataque. O resultado será sempre único para você e, mais importante, para seus clientes. Trata-se de entender o que eles querem e, em seguida, alimentá-los com uma dieta saudável de marketing.

Seu plano de ataque mensurável pode incluir itens como:

  • perfil das necessidades, desejos e preocupações de seus clientes;
  • perfil de suas metas de negócios;
  • a voz da sua marca;
  • pesquisa da concorrência;
  • call-to-action e métricas de conversão;
  • palavras-chave, nichos e vocabulário do cliente;
  • tópicos e tipos de conteúdo que envolverão seus clientes;
  • uso de mídia social;
  • calendário editorial;
  • métricas de sucesso.

Pergunte: onde estão seus clientes? Eles estão pesquisando no Google? Fóruns? Redes sociais? Definir esses pontos de acesso significa que você pode levar a equipe de marketing diretamente para o seu público-alvo.

Ingrediente #2: marketing de conteúdo

Pense no seu site como um carro e no conteúdo como combustível. Sem o marketing de conteúdo, é improvável que seu site vá longe. Afinal, o Google adora conteúdo novo e regular. 

Podem ser posts de blog, páginas de serviço, perguntas frequentes ou páginas de destino. Quando alguém digita uma frase nos mecanismos de busca para encontrá-lo, o site considera a relevância, a qualidade e a frequência da saída do seu conteúdo.

É por isso que o marketing de conteúdo é o rei. Seu site é mais do que uma imagem bonita. O conteúdo é a sua personalidade e ajuda as pessoas a encontrarem você. 

Potencializando seu site e plataformas digitais com conteúdo:

  • transforma seu site em um recurso on-line confiável;
  • cria reconhecimento e lealdade à marca;
  • melhora a otimização de mecanismos de busca;
  • torna você localizável nos mecanismos de busca;
  • direciona tráfego e leads qualificados;
  • estimula seus fluxos de mídia social.

Comece tudo escrevendo em um blog, publicando em seu site e compartilhado em plataformas sociais para criar links de entrada valiosos. 

  • escolha um tópico: o que chamará a atenção de seus compradores? Escolha uma área de interesse que dos deixe surpresos. Gere buzz. Agora escreva o artigo;
  • palavras-chave: pesquise as palavras-chave relevantes para o conteúdo e para seus leitores. Existem muitas ferramentas gratuitas de palavras-chave por aí — apenas pesquise “ferramentas de palavras-chave” no Google;
  • otimize seu conteúdo: isso significa usar as palavras-chave no conteúdo. Comece com o título. Precisa ser poderoso! Depois, espalhe essas palavras pelo resto do seu texto. Tenha cuidado para não adicionar muitas;
  • layout: tempo é dinheiro e, nos dias de hoje, as pessoas não têm uma hora para ler um artigo de blog. Então divida-o. Mantenha-o curto e direto ao ponto. Use vários títulos e subtítulos — também bons para SEO — e listas. Procure tornar a página mais digitalizável que uma fotocopiadora;
  • imagens: todo mundo adora uma imagem bonita, então preste atenção na sua escolha.

 Dica profissional: luzes, câmera, ação do consumidor 

O marketing de vídeo é o agora. Afinal, o YouTube é o segundo maior mecanismo de pesquisa do mundo. Você pode pensar que apenas os peixes grandes podem investir em vídeo. Graças à tecnologia acessível, esse não é mais o caso. Portanto, considere colocar vídeo em seu mix de marketing.

Como Eu Promovo Meu Novo Site? Receita #6

 Ingrediente #3: marketing de mídia social 

O que compartilhar em suas redes sociais? A melhor coisa sobre marketing de conteúdo é que você está continuamente criando uma biblioteca de conteúdo fácil de usar, pronta para compartilhar em suas plataformas. E, como você já escolheu imagens para seus posts, deve ter recursos visuais prontos para compartilhar nas redes sociais.

Comece por:

  • definir o tipo de conteúdo que seus clientes consomem e suas plataformas preferidas — ou seja, Facebook, LinkedIn, Twitter e Instagram.
  • criar conteúdo de excelência.

Para fazer sucesso nas redes sociais com seus clientes:

  • crie um público-alvo: não é bom compartilhar conteúdo todos os dias se ninguém segue suas páginas. Convide amigos, familiares e colegas de trabalho para seguir e compartilhar. Tem colaboradores? Então envolva-os também. Essa é uma boa maneira de ampliar sua presença social e ficar na frente de pessoas novas e relevantes.
  • tenha engajamento: faça perguntas, peça respostas e socialize. Isso colocará seu post na frente de mais pessoas, mostrando você como um negócio com pessoas reais nos bastidores;
  • ouça: verifique se os comentários ou as mensagens diretas não caem no limbo. Quanto mais rápido você responder, melhor;
  • direcione tráfego: ao colocar sua mensagem na esfera social, lembre-se que o conteúdo é fundamental. Então, compartilhe regularmente coisas com as quais seus clientes realmente se importam, vinculando artigos, gráficos e vídeos em seu site.

Ingrediente #4: pagamento por clique (PPC) 

A publicação de conteúdo no seu site aumentará sua aparição nos mecanismos de pesquisa ao longo do tempo. Isso é chamado de marketing orgânico. Marketing pago refere-se a coisas como PPC — pagamento por clique. Orgânicos e pagos se complementam — eles caminham juntos como uma faca e um garfo.

Embora o marketing de conteúdo orgânico leve tempo, ele cria uma presença sustentável em longo prazo no Google. O PPC, por outro lado, permite que você apareça instantaneamente no topo da página em pesquisas específicas. O anúncio do seu site permanecerá lá enquanto você pagar por isso ou até que outra empresa a supere.

PPC significa que você pagará uma taxa cada vez que um dos seus anúncios for clicado. É uma maneira de comprar visitas ao seu site, em vez de recebê-las organicamente. A publicidade em mecanismos de busca permite que você tenha posicionamento no anúncio quando alguém pesquisar uma palavra-chave.

Faça pesquisas de palavras-chave. O Google recomendará palavras e preços. Escolha as que você acha que as pessoas digitarão no Google para te encontrar.

Dica profissional: defina um orçamento em sua conta do Adwords. Não gaste demais. Ah, e enquanto você está nisso, crie uma página de destino no seu site. Este é o destino para o qual você envia pessoas que clicam no seu anúncio. Além de direcioná-los para o conteúdo relevante e criar uma jornada perfeita para o usuário, você também poderá medir cliques, rejeições e conversões. Monitore a análise e ajuste os parâmetros da campanha, como palavras-chave, público e localização.

Ingrediente #5: e-mail marketing 

O e-mail marketing existe desde o início da internet. Claro, hoje pode não ter tanto entusiasmo quanto a otimização de mecanismos de pesquisa ou as mídias sociais.

E com a Lei de Proteção de Dados trazendo novos direcionamentos agora em vigor, alguns temem que o marketing por e-mail se torne mais difícil do que nunca. Mas, apesar de tudo isso, ele ainda pode ter um papel importante no seu mix de marketing. Ele permite que você envie mensagens em massa diretamente para os smartphones escondidos nos bolsos dos usuários.

Inicie sua campanha de marketing por e-mail:

  • escolhendo sua mensagem. Talvez você queira destacar um produto, um evento ou uma oferta especial. Adapte o conteúdo e as imagens adequadamente e envie-os para listas de e-mail direcionadas;
  • seja criativo com seus títulos para incentivar as pessoas a abrir suas campanhas;
  • escreva uma copy brilhante. Mantenha o texto curto, direto ao ponto e relevante para o usuário final. Não perca tempo dizendo porque você é o melhor, conte como você ajudará a resolver o problema deles;
  • garanta que cada e-mail enviado tenha um incrível call-to-action, vinculando a uma página de destino no seu site;
  • analise seus dados. Veja quem abriu sua campanha e clicou no seu site. Crie uma lista quente de contatos para acompanhar.

Se precisar de mais ajuda para começar com o marketing por email, consulte este guia.

Ingrediente #6: meça seus ingredientes 

Você se lembra dos dias de publicidade tradicional em jornais em que era difícil — se não impossível — medir o impacto de sua campanha de marketing? A digitalização tornou as coisas mais mensuráveis ​​do que os ingredientes secretos de Harry.

Não importa que tipo de campanha você está lançando, precisa acompanhar e mensurar. Desde conteúdo, social mídia, pagamento por clique até e-mail marketing, isso garante que você tenha o desempenho ideal.

Comece:

  • configurando análises no seu site para que sua produção de marketing se torne rastreável e mensurável;
  • monitorando quantas pessoas entram no seu site e de onde eles vêm;
  • definindo quais métodos de marketing estão gerando os melhores retornos;
  • contando quantas páginas eles visitaram e se eles simplesmente clicaram para trás e saltaram.

Essas ideias permitirão que você ajuste seus esforços de marketing e maximize o sucesso.

Serviços de marketing online da GoDaddy 

Precisa de ajuda com seu marketing digital? Então, a GoDaddy está à disposição para ajudá-lo. Afinal, até os melhores produtos não são vendidos se os clientes não souberem onde encontrá-los. Dê à sua empresa a atenção que ela merece com ferramentas promocionais que atraem visitantes e os fazem voltar para mais.

  • otimização para mecanismos de busca: facilite para que as pessoas encontrem sua empresa on-line. Aumente o seu site no Google e em outros mecanismos de busca;
  • e-mail marketing: faça com que seu e-mail seja entregue. Crie e acompanhe e-mails que se integram ao seu site. 

Faça sobre eles, não você! 

E lá vai você. Você tem sua empresa, sua marca, domínio, seu site, seu conteúdo e sua estratégia de marketing de mídia social.

Misture tudo isso e seus produtos serão vendidos como bolos feitos na hora! Para mais guias e dicas como essas, continue acompanhando o blog da GoDaddy Brasil