Como Evitar Erros de Web Design que Podem Sabotar seu Negócio

Não deixe o design te deixar para baixo

Você visita um site com a intenção de ler uma postagem no blog ou até mesmo fazer uma compra, mas ele é tão mal projetado que é preciso sair sem concluir a tarefa original. Isso acontece com todos nós. Frustrante, não é? Se as pessoas não conseguirem navegar pelo seu site de maneira intuitiva, sua empresa pode ser afetada. Isso pode ser causado por alguns erros de web design.

Neste guia, examinaremos alguns possíveis problemas que podem acometer o seu site e explicaremos como fazer para resolvê-los.

Mas, primeiro…

Como evitar os erros de web design?

Embora sejam necessárias muitas horas de prática para se tornar um web designer experiente, o princípio básico do bom design é ser fácil de entender.

Simplificando, um bom web designer garante que um visitante do site possa concluir a ação desejada (comprar um produto, por exemplo) de maneira rápida e simples.

Portanto, descubra qual é o objetivo principal do seu website e a finalidade de cada página individual. A partir daí, vai ficar muito mais fácil identificar e evitar os erros de web design.

Erro 1 — Seu site não funciona bem em dispositivos móveis

Uma década atrás, não importava muito se seu site era exibido corretamente ou não em dispositivos móveis — havia poucos telefones celulares com acesso à Internet e quase ninguém os usava para navegar na web.

Agora, houve um boom de smartphones e tablets, o que significa que esses dispositivos representam mais de 50%, em média, das visitas ao site nos Estados Unidos.

Então, se seu website não funciona bem em um dispositivo móvel, é justo dizer que isso é um dos piores erros de web design que poderiam acometê-lo.

Como você pode saber se seu site funciona bem no mobile? Bem, o primeiro passo, óbvio, é tentar em seu próprio smartphone.
Se você conseguir navegar no seu site com rapidez e facilidade usando seu dispositivo, é um bom começo. No entanto, com tantos diferentes por aí, seria impossível testar cada um deles para ver se o site funciona bem em todos.

Em vez disso, se você tiver o Google Analytics instalado, poderá ver como as pessoas interagem com seu site com base no tamanho da tela do dispositivo que elas usam. Simplesmente acesse Audiência > Visão geral > Resolução de tela.

Fique de olho nas resoluções de tela que têm taxas de rejeição mais altas, páginas inferiores por sessão e menor duração média das sessões do que o site para computador. Se você notar diferenças significativas, então é um sinal de que as pessoas estão com dificuldades para usar seu site em dispositivos móveis.

Como posso corrigir esse erro?

Tenha um site otimizado para celular. Há algumas maneiras de fazer isto. Você pode contratar um web designer. Se você estiver usando um site do WordPress, poderá encontrar um novo modelo compatível com dispositivos móveis.

Em alternativa, pode utilizar o Website Builder da GoDaddy, que oferece uma vasta gama de modelos compatíveis com dispositivos móveis e permite criar facilmente o seu próprio site.

Erro 2 — Seu site está confuso de navegar

Ser capaz de andar facilmente de uma página para outra é um aspecto fundamental de qualquer site — e para que o processo funcione sem problemas, os visitantes precisam entender qual página precisam acessar para encontrar o que estão buscando.
Mas, identificar problemas de navegação pode ser difícil.

Por exemplo, pode fazer todo o sentido colocar uma determinada página em uma categoria em um menu suspenso, mas os visitantes do site podem não pensar da mesma maneira que você.

Ou pode ser que um botão para o qual eles precisam clicar para mover seu pedido para o próximo estágio não seja óbvio.
Pode até ser que o objetivo da sua página não esteja claro, por isso as pessoas não têm certeza de qual ação devem tomar.

Há um grande número de possíveis erros de web design que desencadeiam problemas de navegação, alguns grandes, alguns pequenos, mas os maiores podem afetar seus negócios de maneira significativa.

Como posso corrigir esse erro?

Garantir uma navegação fácil de entender é o principal objetivo aqui.

Uma das coisas mais simples que você pode fazer é pedir a alguns amigos para tentar completar uma determinada tarefa em seu site (como comprar um item) e pedir que eles relatem qualquer problema que encontrarem ao navegar.

Embora esse seja um bom começo, em um mundo ideal, você deve testar seu website com clientes em potencial, pois é para isso que a navegação dele deve ser projetada.

Esse tipo de teste abrange tudo, desde perguntar às pessoas o que suas categorias significam até observá-las enquanto realizam tarefas específicas de navegação em seu site.

Erro 3 — Seus formulários de contato são muito longos

Se você tem um site focado na geração de leads para o seu negócio, então seu formulário de contato é vital.
Muitas vezes, pode ser tentador incluir o maior número de campos possível, para obter mais informações sobre o lead.

Mas, o fato é que, quanto mais campos você incluir em um formulário, menos pessoas o concluirão.

Como posso corrigir esse erro?

Fácil! Inclua apenas as informações que você precisa para fazer o acompanhamento com o seu lead, para que você possa fazer a venda.

Erro 4 — Um processo complexo de checkout

A complexidade também é ruim para e-commerces. Se alguém tiver que passar por obstáculos para fazer uma compra com você, as chances da pessoa finalizá-la caem bastante.

Portanto, certifique-se de que o foco do seu checkout é fazer uma venda.

Como posso corrigir esse erro?

Não há uma resposta certa para essa pergunta, mas algumas possibilidades de simplificar o processo de checkout incluem: fornecer a opção de finalizar a compra sem registro, incluir a menor quantidade de taxas possível e oferecer uma ampla gama de opções de pagamento.

Erro 5 — Deixar sinais de desconfiança

Se as pessoas não confiam em você, elas não farão negócios em seu site. É simples assim. Se você estivesse administrando uma empresa física, teria a chance de conhecer pessoas cara a cara e criar confiança dessa maneira.

Mas, se você estiver apenas on-line, seu website precisará criar essa confiança.
Se você não incluiu sinais como esse, esse é um dos erros de web design que podem fazer as pessoas relutarem ao fazer negócios em seu site.

Como posso corrigir esse erro?

Obviamente, você precisa adicionar sinais de confiança ao seu site, mas que sinais são esses?

Bem, o básico são detalhes de contato (incluindo um endereço real) para que as pessoas saibam que podem entrar em contato se as coisas derem errado, junto com informações detalhadas sobre como você lida com problemas e reclamações.

Há algumas ideias mais avançadas também, como incluir avaliações e depoimentos de clientes.

Erro 6 — Deixar de testar as alterações que você faz em seu site

Imagine que você decide mudar a cor dos botões “comprar” de azul para verde e as vendas aumentam em 5% ao longo do próximo mês.

Parece que você fez uma ótima decisão de design, mas ainda não pode ter certeza. Afinal, o aumento nas vendas pode estar relacionado a um fator externo, como a sazonalidade, ou uma nova campanha publicitária.

O que estamos dizendo é que a correlação nem sempre é igual à causalidade. Ou, em outras palavras, só porque suas vendas aumentaram 5% depois que você mudou a cor dos botões “comprar”, isso não significa que a alteração da cor dos botões “comprar” tenha aumentado suas vendas em 5%.

Se você está fazendo alterações em seu website sem realizar testes, não pode ter certeza sobre o efeito (bom, ruim ou inexistente) que essas alterações estão causando em suas vendas, o que é um dos mais crassos erros de web design.

Como corrijo esse erro?

Você precisa começar a pensar em implementar um teste A/B. Embora possa ser demorado (ou custar dinheiro se você contratar uma agência para fazer isso em seu nome), ele oferece uma perspectiva interessante e ajuda a identificar maneiras de aumentar as vendas e, consequentemente, a lucratividade.

Resumindo

Melhorar o design do seu website é um processo contínuo. Seja por meio de uma grande reformulação ou apenas com pequenos ajustes, você sempre precisa estar atento a melhorias que você pode fazer.

Acompanhe seus concorrentes para ver o que eles estão fazendo e também continue testando novas ideias em seu site para ver quais melhorias você pode fazer.

Para mais dicas como essa, basta continuar acompanhando o blog da GoDaddy Brasil!

Will Stevens
Will joined the GoDaddy EMEA team in 2017, following the acquisition of HEG. He covers all aspects of digital marketing, from SEO to email, for the GoDaddy UK blog. Previously, he has worked in online journalism and also conducted online marketing campaigns for a number of well-known brands.