Como Usar a Segmentação de Clientes Para Construir Relacionamentos Duradouros

Agregue seu público!

Independentemente de quais objetivos você queira alcançar com ações de marketing, existe apenas um resultado buscado por qualquer marca: atrair e reter o cliente ideal. Uma das maneiras de se garantir que todas as etapas de seu plano de comunicação levem a esse objetivo é usar a segmentação de clientes.

No artigo de hoje nós vamos dar uma olhada mais de perto neste termo de marketing e entender como ele pode ser a estrela em ascensão de sua próxima campanha promocional.

O que é segmentação de clientes?

O ato de agrupar seu público-alvo usando como base características compartilhadas é um conceito bastante simples. Você pode usar qualquer característica relevante para sua empresa para criar esses segmentos.

Existem alguns traços comuns que podem ajudar você a iniciar essa jornada, como questões geográficas, faixa etária, formação e até mesmo renda. Sua segmentação pode conter características específicas ou amplas. A única coisa que importa é escolher aquelas que sejam úteis para seu plano de marketing.

Como fazer a segmentação de clientes 

O objetivo final da segmentação é criar grupos que, eventualmente, possam levar a mais vendas. É vital que os traços escolhidos por você sejam realmente úteis.

Embora possa ser um exercício divertido pensar sobre quem é o seu cliente ideal, imaginar detalhes que não vão influenciar nas vendas é um verdadeiro desperdício de tempo.

Segmentos baseados em questões geográficas podem não ser relevantes para a venda de ferramentas tecnológicas, por exemplo, mas certamente afetarão o marketing para roupas de inverno. Pense muito bem antes de determinar se vale a pena colocar as características do cliente ideal na sua segmentação.

Você pode evitar a criação de segmentos ruins mantendo seus objetivos em mente.

Reflita: o que você quer que seus clientes façam por sua empresa? Além de aumentar as vendas, a segmentação também pode ajudá-lo a:

  • alcançar um mercado diferente através de campanhas mais abrangentes nas mídias sociais;
  • descobrir novos recursos de seu produto;
  • manter o mix ideal de clientes novos com clientes antigos;
  • aumentar as vendas em mercados demográficos que são difíceis de penetrar.

Defina o que você quer que seus segmentos de clientes façam por você — além de comprar, é claro. Então, certifique-se de que todos os traços que você está rastreando sejam um meio para esse fim, entende?

Não se preocupe, você pode colocar todas as características que não foram tão relevantes para sua segmentação em uma pilha para voltar a trabalhar com elas mais tarde, se for necessário.

Evitando os maiores erros de marketing

Não importa se você apenas sonha com o cliente ideal, aproveita os clientes que já possui ou os segmenta a partir daquilo que seu concorrente já conquistou, existem alguns pontos importantes a serem considerados antes de fazer uma segmentação. É preciso estar 100% ciente dos recursos disponíveis para utilizar os segmentos escolhidos.

Se você desenvolveu uma campanha que precisa ser executada em tempo real, por exemplo, é praticamente impossível alcançar todos os segmentos. Da mesma forma, se você identificou 50 ou mais segmentações possíveis, mas tem orçamento para engajar apenas cinco, é importante ir atrás do grupo que for mais lucrativo primeiro.

Uma boa segmentação de clientes pode mostrar qual o potencial de crescimento para o seu produto ou serviço.

No entanto, é essencial manter uma estratégia estável em mente. Erros comuns que as empresas cometem ao usar a segmentação de seus clientes são:

  • concentrar seus esforços de marketing em muitos segmentos de uma só vez. Isso pode levar à falta de financiamento para concluir de maneira ideal cada uma das campanhas;
  • falha ao analisar os dados das campanhas veiculadas. Não saber quais segmentos de clientes convertem melhor, por exemplo, pode levar ao desperdício de dinheiro e a muitas oportunidades perdidas;
  • não saber em que ponto da jornada do consumidor cada segmento está.

Por mais que muitas empresas incluam a jornada do consumidor como parte da segmentação, vale a pena mapear onde cada um dos segmentos está no processo e ajustar as campanhas de acordo com o nível de maturidade dos mesmos.

Usando a segmentação da maneira certa

Você já sabe que existem algumas formas de desperdiçar todo o trabalho duro que você teve desenvolvendo sua segmentação. Felizmente, as vantagens valem o esforço! Confira:

Criar o desejo de adquirir seu produto ou serviço

Vamos ser honestos: a inveja é um verdadeiro motor para a compra. Além de usar seus segmentos para comercializar de forma direta, use ferramentas de marketing para alcançar outras pessoas ao mesmo tempo.

Procure o apoio de pessoas famosas que sejam a cara de seu cliente ideal, por exemplo. Existe uma razão para o apoio das celebridades funcionar.

Crowdsource

Crowdsource significa colaboração coletiva. É incrivelmente eficiente usar, por exemplo, depoimentos de clientes como parte de sua estratégia de comunicação! Eles adoram ver suas histórias ganhando vida nas páginas de sites, redes sociais ou até mesmo em embalagens. Dê aos seus fãs mais leais uma maneira de compartilhar o amor deles por sua marca e use-os para promover suas próprias mensagens.

Fornecer suporte em tempo real

Clientes adoram se sentir amados. Saber que existe um suporte disponível para atender às suas necessidades pode impulsionar seus negócios de maneiras inimagináveis.

O uso de segmentos de clientes para identificar os desejos dos visitantes do seu site e a implementação de um suporte em tempo real que antecipa esses desejos pode ajudar muito a aumentar as vendas e fidelizar os clientes.

Construindo relacionamentos duradouros

Queira você usar a própria segmentação de clientes para procurar novos ou cultivar aqueles que sempre teve, é importante voltar sua atenção a cada um dos segmentos regularmente, assim é possível manter uma sensação de conectividade.

Muitas marcas conseguem se reconectar com seus clientes depois de um tempo. Pais de recém-nascidos se tornam pais de crianças pré-escolares em algum momento, entende? Jovens que gastam todo seu orçamento pagando a faculdade passam a investir em planos de previdência do dia para a noite.

Acompanhando todas as alterações e nuances de sua segmentação, é possível encontrar os clientes onde quer que estejam. Se feita corretamente, a segmentação pode ser parte de uma estratégia de marketing de longo prazo que tem o potencial de conduzir seu negócio para sempre.