Como Vender Roupas Pela Internet — 7 Dicas Para Sua Loja Virtual

Aumente suas vendas

Criar uma loja virtual tem sido uma das maiores “salvações” de quem pretendia empreender, mas encontrou empecilhos para fazer isso presencialmente. Atualmente, um dos setores que mais cresce é o da moda e, se você quer saber como vender roupas pela internet, precisa ficar atento às dicas que vão ajudar a fazer seu negócio dar certo.

O Relatório E-commerce no Brasil, elaborado pela empresa Conversion em abril de 2021, mostra que as compras digitais tiveram um crescimento de 40% desde o início da pandemia da covid-19, nos primeiros meses de 2020. Um dos maiores destaques foi o de moda, que registrou aumento de 52% nos últimos 12 meses.

Essa mesma pesquisa mostra que as buscas por lojas do setor foram 36,4% por meio de tráfego direto e 23,4% com pesquisas orgânicas. Ou seja: esse é um segmento de comércio bastante procurado pelos usuários.

Por ser promissor, muitos empreendedores estão buscando alternativas para criar e impulsionar seu negócio no ramo da moda. Então, se você também quer apostar, continue lendo para descobrir nossas dicas para aumentar suas vendas!

Dicas de como vender roupas pela internet

Se esse é um mercado que está crescendo, isso também significa que a tendência é cada vez mais haver concorrentes? Certo, com o aquecimento do setor da moda, empreendedores passam a enxergar nesse segmento oportunidades de expansão. Por conta disso, você precisa entender como se destacar em relação aos concorrentes.

As principais dicas de como vender roupas pela internet são:

  1. tenha um site;
  2. foque em um nicho;
  3. abuse das fotos e dos vídeos;
  4. faça boas descrições;
  5. crie conteúdos relevantes para o seu público;
  6. conte com boas opções de frete
  7. use as redes sociais a seu favor

Veja só!

1. Tenha um site 

Antes de tudo, você tem que ter um site. Ele é a principal vitrine dos seus produtos e por meio da página será possível chegar a um público maior. 

Provavelmente você já viu outras empresas ou até mesmo começou a vender por meio das redes sociais, mas essa não é a forma mais recomendada ou mesmo fácil para montar uma loja virtual. 

Afinal, apesar de gratuitas, essas plataformas não oferecem segurança e confiança, além da agilidade para o cliente fazer o processo de checkout sozinho, sem a necessidade de falar com você.

Além disso, um site dá maior autoridade para a marca, pois parece mais profissional. Inclusive, esse tipo de página tem suporte para um maior número de produtos e meios de pagamento, como boleto bancário, cartão de crédito (com direito a parcelamento) e PayPal.

2. Foque em um nicho

Se você ainda está decidindo alguns detalhes da sua loja, vale a pena focar em apenas um nicho. Isso irá te ajudar a fazer uma comunicação mais certeira e atingir o público certo. Algumas ideias de segmentação que você pode oferecer são:

  • por faixa etária: roupas da moda entre crianças, adolescentes, jovens adultos, adultos na meia idade ou idosos;
  • por gênero: moda feminina, masculina ou, ainda, uma loja inteira unissex;
  • por tipo de peça: focar apenas em vestidos, casacos, calças, roupas de festa, trajes de banho, lingerie, etc;
  • por tipo de corpo: válido para lojas que pensam em corpos específicos, como é o caso das peças plus size;
  • por estilo: para pessoas clássicas, modernas, tradicionais, urbanas, do campo, roqueiras, entre outros.

3. Abuse das fotos e dos vídeos

A moda é bastante visual e, se você quer saber como vender roupas pela internet, precisa apostar nas fotos e vídeos. Pense que os seus clientes precisam ver não apenas imagens da peça, mas também dela sendo usada para entender o caimento.

O ideal é que você use modelos com diferentes tipos de corpo. Afinal, uma pessoa que usa GG não consegue se basear em uma foto com alguém que usa PP. 

Você também pode produzir alguns fashion films para instigar os usuários a procurarem suas peças de forma criativa.

4. Faça boas descrições

A descrição é importante em qualquer página de produto, principalmente nas de roupas, que costumam ter bastante detalhes. Algumas informações que você precisa adicionar são:

  • disponibilidade de cores;
  • material usado na confecção da roupa;
  • numeração da peça usada pelo modelo da foto;
  • tabela de medidas;
  • algum detalhe extra que seja importante para a peça — por exemplo, couro sintético com o selo de 100% vegano para quem não consome produtos feitos de animais.

5. Crie conteúdos relevantes para seu público

As pessoas querem não apenas comprar, mas também saber mais sobre o universo temático da moda — até porque, esse é um assunto leve e que agrada muitas pessoas, mesmo as que não são da área ou entendem tanto sobre.

Então, aproveite para mostrar o valor da marca e se torne não apenas uma loja, mas também uma fonte de informações relevantes para seus seguidores. Esse é o principal objetivo do marketing de conteúdo.

Dicas de publicações que você pode fazer para atrair mais clientes são:

  • tendências daquele ano;
  • moda de cada estação;
  • como combinar cores;
  • como usar determinadas peças;
  • dicas usando as roupas da loja, entre outras.

6. Conte com boas opções de frete 

Considerando que estamos falando de uma loja virtual, os seus clientes precisam de boas opções de frete. Se você só entrega na sua cidade, por exemplo, pode estar perdendo a oportunidade de expandir o seu negócio. 

Inclusive, é interessante colocar uma integração no site que permite o cálculo do envio antes mesmo de finalizar a compra. Assim, o cliente já sabe quanto terá que pagar. 

Com uma integração com os Correios, um site feito com a GoDaddy consegue colocar a caixinha de cálculo de frete facilmente.

7. Use as redes sociais a seu favor

Ter um site para vender ao invés das redes sociais também não significa que você deva abandonar essas plataformas. Muito pelo contrário, o ideal é que você utilize elas a seu favor.

Afinal, as redes sociais podem influenciar nas vendas e atrair um público muito maior e qualificado. Muitas pessoas vão chegar a você por meio de posts relevantes e acabar sendo influenciadas a comprar na sua loja. Então, não perca a oportunidade de fazer um bom gerenciamento das mídias.

Também aproveite esse espaço para tirar dúvidas dos clientes, aumentar o engajamento, receber críticas e sugestões e até mesmo criar condições exclusivas para quem te segue — por exemplo, lançar um cupom de desconto que foi divulgado somente nesse canal.

Viu como vender roupas pela internet? Se ainda precisa de mais dicas para impulsionar as vendas, veja só como expandir um negócio on-line!

Isabela Guiaro é jornalista e Analista de Conteúdo na Agência Mestre. Pós-graduada em Globalização e Cultura, é apaixonada por estudos relacionados à cultura latino-americana e pelo idioma espanhol, além de saber até demais sobre as indústrias musical e cinematográfica da América Latina. Conecte-se com Isabela pelo Twitter.