Dicas para Entender Melhor as Funcionalidades de um Servidor

Veja como um servidor pode ser o condutor do seu sucesso!

Você já pensou o quanto entender as funcionalidades de um servidor pode garantir mais sucesso para o seu empreendimento digital? E olha que há grandes chances do retorno ser surpreendente, ainda mais no caso de lojas on-line! 

Para se ter uma ideia, de acordo com dados do Ebit/Nielsen, só em 2018, o setor de e-commerce faturou R$ 53,2 bilhões e cresceu 12%. O fato é que qualquer caso de sucesso depende da escolha de um servidor de alta qualidade, além de outros elementos que interferem na navegabilidade dos usuários. 

Para você não perder mais tempo e alçar voos altos no universo digital, confira todas as dicas sobre servidor!

O que é um servidor?

O termo em questão refere-se a um software que garante diferentes serviços a uma rede de computadores. Na prática, tudo está ligado ao armazenamento e processamento de dados e informações. Parece confuso? Então, pense no caso de uma loja física. A abertura e o funcionamento dela dependem de um local específico, certo? O servidor equivale a um ponto comercial. 

Tamanha importância exige muita atenção na hora de escolher o serviço certo. Mas você não sabe por onde começar? Não se preocupe, existem dicas certeiras para entender as funcionalidades de um servidor e, assim, fazer a melhor escolha.  

Servidor compartilhado Vs. Servidor dedicado

Uma das grandes dicas é saber as diferenças entre servidor compartilhado e servidor dedicado. 

O primeiro, como o próprio nome indica, é dividido entre vários donos de sites. Ou, seja, ele guarda e executa dados de diversas páginas virtuais um só software. É uma opção econômica, mas, ao mesmo tempo, mais limitada. Se o seu projeto de site for mais básico, o servidor compartilhado pode atender perfeitamente às necessidades. 

Mas, se a sua intenção é criar uma casa virtual que tenha um grande número de acessos e, principalmente, precise de configurações personalizadas, indicamos o servidor dedicado. Esse tipo de serviço armazena todos os dados em um sistema exclusivo, assim, oferecendo vantagens que impactam na performance do site. 

Agora que você já sabe quais são as diferenças entre os tipos de servidores. Vamos falar mais detalhes de como eles interferem no funcionamento de qualquer página virtual: 

Velocidade

A velocidade do site é um fator extremamente importante. Afinal, se a página demorar para carregar, é muito provável que o usuário desista da navegação. Esse problema é tecnicamente chamado de taxa de rejeição e pode, sim, estar relacionado ao tipo de servidor. Por isso, vale priorizar os serviços que utilizam processadores mais potentes e ágeis. 

Atualização rápida

Mais uma das funcionalidades de um servidor de qualidade é a rapidez quanto às atualizações. Assim, se você precisar implementar qualquer novidade ou fazer alterações, não precisará esperar horas e horas. Além disso, há a possibilidade de você mesmo fazer as configurações, ou seja, tudo do seu jeito e sem ter que concentrar as tarefas nas mãos de um suporte. 

Segurança

O servidor também está relacionado ao sistema de segurança de um site. Algumas das ações seguras são, por exemplo, uso de rede privada, técnicas para evitar a invasão de hackers, backups, entre outros. Investir em segurança nunca é demais, afinal, além de garantir o cuidado com o seu site em si, você também evita que as informações dos seus clientes sejam roubadas. 

Aliás, em 2020, passa a valer a nova Lei de Proteção de Dados para sistemas de armazenamento. Então, antes de contratar um serviço terceirizado de T.I, verifique se ele já está se adequando às novas regras. 

Outras dicas importantes

Não podemos deixar de lembrar ainda que, como o servidor tem o objetivo de guardar dados e informações, é importante estar atento à capacidade de armazenamento. 

Fora isso, na hora de criar o seu site, você também vai precisar definir e registrar um domínio, que se trata do endereço da sua página virtual. E no caso de e-commerces, também é necessário contratar uma plataforma de loja virtual para você conseguir fazer:

  • registro de produtos;
  • criação de categorias;
  • gerenciamento de pedidos de compras; 
  • sistema de carrinho de compras; 
  • página de check-out; entre outros.

Aproveite que agora você já conhece as funcionalidades de um servidor e comece agora mesmo a criação da sua página virtual. Para isso, você pode contar com o auxílio dos serviços digitais da GoDaddy

O que achou deste artigo? Se quiser saber mais informações e dicas de empreendedorismo digital, continue navegando aqui pelo blog