Guia completo sobre funil de vendas para marketing digital

Aumente as conversões em vendas!

Se você já estudou a teoria do marketing (ou pelo menos conhece suas bases), com certeza já ouviu falar sobre o tema do nosso tópico: o funil de vendas para marketing digital. Esse é um daqueles conceitos fundamentais para qualquer gestor, e não é por acaso que ele deve ser a prioridade para quem quer aproveitar todos os recursos e possibilidades do ambiente virtual. 

Quer aprender mais sobre o assunto e turbinar sua presença na internet? Continue lendo e confira as dicas estratégicas que separamos para você implementar um funil de vendas para marketing digital em seu negócio. Confira!

O que é funil de vendas para marketing digital?

O funil descreve a jornada que uma pessoa percorre a partir do momento que toma conhecimento de sua marca. Geralmente, um possível cliente começa pesquisando sobre determinado produto ou solução para resolver sua demanda até ele descobrir sua marca, comprar seu produto e, se tudo der certo, voltar a fazer negócio em novas oportunidades.

Por monitorar a relação com o cliente desde a descoberta do problema, o funil de vendas digital mostra-se muito importante para a parte comercial do seu negócio e para que você atinja seus objetivos com mais eficiência. 

De forma resumida, ele pode ser dividido da seguinte forma:

_

Atualmente, com a expansão de plataformas de e-commerce e das redes sociais, a aplicação do funil para marketing digital tornaram-se ainda mais maduras e complexas. Mas, apesar de algumas diferenças, as etapas fundamentais continuam as mesmas.

Dicas de funil de vendas para marketing digital

Nesse tópico, vamos falar um pouco sobre os diferentes estágios do funil de vendas para marketing digital e sobre o que você precisa fazer em cada uma dessas etapas para levar seu cliente até a fidelização.

Confira! 

1. Descoberta

No marketing tradicional, a descoberta localiza-se no topo do funil e representa o momento em que um prospect toma consciência de que tem um problema a ser resolvido e, logo em seguida, descobre sua empresa como possível solução.

Tradicionalmente, os consumidores descobriam as marcas de formas que são pouco usuais para o marketing digital, como:

  • ver um comercial da sua marca na TV;
  • notar um outdoor enquanto transita na rua;
  • ou ler um anúncio no jornal.

Já nos dias de hoje,  a descoberta em um funil de vendas para marketing digital, é feita exclusivamente online. Por isso, estratégias modernas devem investir em:

  • um banner Call to Action (CTA), chamando o cliente para tomar uma decisão, em um artigo para blog;
  • um anúncio pago em um feed de rede social;
  • publicidade junto a um digital influencer, entre outras possibilidades.

E as redes sociais, de fato, são um elemento importante nessa etapa do funil de vendas digital. É nelas que as pessoas descobrem novos produtos, tendências, além de dicas e recomendações de produtos e serviços.

Plataformas como o Instagram, Pinterest e YouTube são muito populares nesse quesito e podem ser utilizadas a favor da construção da visibilidade de sua marca.

Escolha a plataforma certa

A plataforma certa para sua marca depende inteiramente de quem é seu público-alvo. É por isso que é tão importante definir sua persona e as características gerais de seu público.

Qual é sua faixa etária? Estilo musical? Qual carreira profissional ele segue? E a localização geográfica? Esse público frequenta mais o Instagram ou o Facebook? Whatsapp ou Telegram?

As respostas para essas perguntas vão te dar as ferramentas necessárias para que você construa sua persona e identifique seu público de forma mais clara.

Afinal, sua audiência está conferindo receitas no Pinterest? Procurando roupas no Instagram? Ou está em busca de indicação para hospedagem de sites no Linkedin?

Portanto, você não precisa estar em todos os canais para ter sucesso em atrair seu público. Um bom funil de conversão para marketing digital, na verdade, deve apenas saber se posicionar no lugar certo!

Use as ferramentas adequadas !

No topo do funil, aproximar-se do seu público-alvo é o principal objetivo. Nesse sentido, não é só importante conhecer quem vai ler suas interações e anúncios, mas também é fundamental monitorar o interesse geral da audiência com seus produtos e serviços.

Você pode utilizar ferramentas de análise de dados, como o Google Analytics, para monitorar, de forma simples, o comportamento online de seu público 

Atenda as necessidades dos seus clientes

Mesmo que o funil de vendas digital tenha evoluído nos últimos anos, a função de fazer o público tomar consciência de sua marca permanece a mesma. O importante é se manter sempre visível para seus possíveis clientes.

Atenção fisgada? Agora tente deixar claro que sua solução possui todos os requisitos para resolver seus problemas. Agindo bem nessa etapa, o caminho até a conversão será bem mais fácil de ser percorrido!. 

Descobriu quem é sua persona? Chegou então a hora de montar uma estratégia mais direcionada para esse público!

Ferramentas como o GoDaddy Studio podem te ajudar a criar facilmente anúncios bem atrativos por meio de uma série de templates para banners e posts em mídias sociais. 

A melhor parte é que você não precisa ter nenhuma habilidade específica em design para utilizá-la, pois ela foi pensada para qualquer tipo de gestor sem conhecimento técnico.

2. Consideração

Essa etapa do funil de vendas para marketing digital representa a fase em que  o consumidor deixa de ser   um visualizador passivo de seus conteúdos e passa a  atuar de forma mais ativa com sua marca. 

Aqui ele se torna mais engajado por meio de visitas no site da empresa ou mostrando  interesse ao  interagir em suas redes   sociais. 

Tenha mais destaque que os concorrentes

Divulgar as qualidades únicas da sua solução é o que vai te dar vantagem na busca por novos clientes. 

E mesmo que a conversão não seja rapidamente finalizada, os diferenciais da sua divulgação e de seu produto é que farão esse possível cliente retornar no futuro para fechar negócio! 

Lembre-se: os consumidores atuais estão mais experientes e exigentes do que nunca. 

Em tempos de transformação digital, todos têm acesso a qualquer tipo de informação por meio de alguns cliques no Google ou em plataformas de redes sociais. 

Quem nunca buscou comparar preços de produtos em uma pesquisa no Google ou buscar mais informações sobre a experiência dos clientes com determinado produto em redes sociais?

Diante disso, nada mais natural que o consumidor esteja mais exigente e busque sempre a empresa que lhe ofereça a melhor experiência com o produto ou serviço que ele tanto busca.

Esteja visível em espaços relevantes

O comportamento dos consumidores varia bastante nessa fase do funil de vendas digital. Eles podem transitar entre diferentes plataformas para comparar marcas similares, o que torna crucial a presença do seu negócio em canais diversos.

Portanto, vá além do seu próprio website ou perfil nas redes sociais e busque por outras comunidades online frequentadas por pessoas que se encaixem com  sua persona.

Tente criar uma boa reputação para sua empresa. 

Isso significa que você precisa criar oportunidades para que seu público  deixe opiniões e feedbacks a respeito da sua solução. Sendo assim, tente convencer aqueles clientes que fizeram negócio recentemente a deixarem uma review sobre a experiência deles com a marca. 

Uma ferramenta como o Net Promoter Score (NPS) pode ser uma ótima pedida para essa etapa do pós-venda. O NPS é um sistema de avaliação que permite ao cliente dar uma nota de 0 a 10 à sua experiência com a marca.

Uma boa alternativa também é investir em soluções pagas, como conteúdo patrocinado sobre seu produto realizado por influencers relevantes. 

3. Compra

Chegou o momento da verdade! No funil de vendas no marketing digita, esse é o ponto em que aquele usuário que você fisgou lá no topo vai tomar uma decisão de compra. 

Nessa etapa, elaborar um fechamento de negócio simples e efetivo pode trazer impacto bastante positivo para a experiência do cliente como um todo.

Fechamento de compra rápido e simples

Com o e-commerce em ascensão, muitas marcas podem se beneficiar de um site que facilite o processo de fechamento da compra de forma simples e intuitiva. 

E algumas inovações tecnológicas podem contribuir para um checkout cada vez mais simples e imperceptível, como recursos que salvam os dados de pagamentos e o cliente não perca mais tempo digitando os números do cartão.

Isso, no final das contas, tem um impacto direto na experiência de compra do cliente, pois quanto mais dificuldades tiver no processo, melhor tanto para ele quanto para a marca.

Nesse sentido, plataformas de e-commerce conseguem assegurar ao cliente que suas transações são instantâneas e seguras quando apostam em gateways de pagamento, que são ferramentas que garantem toda a comunicação entre consumidor, empresa e instituições financeiras do cartão de crédito.

E mais: elas também permitem uma confirmação de pagamento ágil e o acompanhamento do status do pedido até a entrega.

Promova uma comunicação clara entre cliente e marca

Uma comunicação direta com seu cliente nessa etapa do funil é crucial, uma vez que  essa transparência fará com que ele se sinta mais seguro para realizar a transação.

Uma boa maneira de viabilizar essa comunicação é por meio de:

  • e-mails de confirmação;
  • números de rastreio;
  • mensagens de texto com updates do pedido.

Para deixar as coisas ainda melhores, tente se comunicar com seu cliente utilizando um branding consistente.  Interfaces e layouts atrativos, por exemplo, podem ser efetivos quando combinados com mensagens simples e objetivas. 

4. Lealdade

Não existe melhor embaixador para sua marca do que um cliente satisfeito! Dessa forma, manter contato com seus compradores depois de fecharem negócio e terem recebido seus pedidos é algo muito valioso.

E isso é especialmente verdade quando o resultado desse processo é a construção da sua reputação online. 

Peça feedback de clientes satisfeitos

Uma forma de conseguir lealdade é utilizando a satisfação e entusiasmo de um cliente logo após uma compra, pois não existe brilho maior do que a alegria do consumidor quando acabou de receber seu pedido em mãos. 

Portanto, quando perguntar por um feedback, procure por aqueles clientes mais satisfeitos com sua experiência comercial com a marca. Você pode pedir uma opinião escrita ou até mesmo um vídeo.

Ou então, faça com alguns e-commerces que disponibilizam espaço no site para comentários e reviews dos consumidores.

Fidelização é fundamental nesse estágio

Um cliente leal é garantia de receita financeira constante para os cofres do seu negócio. E mais: eles se tornarão verdadeiros embaixadores da sua marca em seus respectivos ciclos sociais. 

Considerações Finais

Só porque a transformação digital levou os negócios para o mundo online, não quer dizer que as empresas tenham que trabalhar menos para provar seu valor aos clientes. 

As etapas do funil de vendas para marketing digital continuam as mesmas e os velhos conceitos, apesar de terem evoluído, mantiveram sua base no decorrer do tempo. Sempre lembre de focar em:

  • desenvolver uma marca forte;
  • produzir uma solução útil aos seus clientes;
  • e oferecer produtos/serviços de qualidade.

Tenha em mente: as únicas mudanças que ocorreram no funil de vendas no marketing digital são as novas formas disponíveis para alcançar os clientes. Hoje em dia, graças à tecnologia, a comunicação com eles está bem mais fácil e personalizada do que no passado.

Lembre-se: manter seus consumidores engajados com ofertas atrativas aumentam suas chances de construir (e permanecer) um empreendimento de sucesso.

O GoDaddy Studio tem centenas de incríveis templates já prontos para reforçar sua comunicação em cada etapa do funil de vendas para marketing digital. Faça um teste de graça no site da GoDaddy BR.

Rafael Queiroz Bastos
Rafael é redator da Agência Papoca. Jornalista e com mestrado em literatura, ele encontrou no Marketing de Conteúdo a possibilidade de exercer uma escrita criativa que conecta as marcas com seu público. O cinema e a literatura são duas formas de arte que despertam sua paixão nos tempos livres.