Migração de Site — Entenda o que é e Para que Serve a Migração de Site

Entenda tudo sobre o processo de migração!

Migração de site pode até parecer uma atividade de alta dificuldade. Mas, a verdade é que ela pode ser mais prática se você seguir as etapas e tomar alguns cuidados especiais.

Quando migrar?

Uma das principais dúvidas é qual o período ideal para migrar sua casa digital para uma nova. Não existem regras definidas para todos, é necessário avaliar cada caso.

Algumas empresas decidem criar um novo site quando vão se reposicionar no mercado, já outras aproveitam a oportunidade para repaginar completamente quando veem que alguns ajustes precisam ser feitos. Além destes, existem outras variáveis que indicam o momento de migrar o site:

  • quando a plataforma já não atende às suas necessidades;
  • quando o site não cria identificação direta com os usuários;
  • quando problemas técnicos deixam de ser pontuais e passam a ser recorrentes.

Quais as etapas da migração de site?

A migração de site conta com algumas etapas que precisam ser seguidas:

  • pré-migração:
    • listar as URLs antigas;
    • verificar se há erros a serem corrigidos;
    • ter em mãos relatórios de tráfego;
    • preparar um novo mapa do site e arquivos robots.txt.
  • migração:
    • subir os arquivos no servidor e os robots.txt;
    • garantir que as URLs estejam amigáveis;
    • validar os redirecionamentos e tags canonicals;
    • fazer possíveis redirecionamentos 301, caso links tenham sido alterados;
    • desativar o sitemap.xml antigo e ativar o novo;
    • integrar o Google Search Console;
    • abrir o site para indexar nos buscadores.
  • pós-migração:
    • fazer testes para encontrar possíveis erros;
    • analisar páginas de erro 404;
    • garantir a indexação do seu site;
    • monitorar tráfego orgânico a fim de analisar se está crescendo;
    • acompanhar os outros canais geradores de tráfego.

Quais cuidados devem ser considerados?

Antes de realizar migração de site, considere fazer um planejamento e seguir à risca cada etapa. Isso porque é uma mudança completa e qualquer pequeno erro pode impactar em maiores proporções.

Faça diversos testes antes de colocar seu site no ar de fato e peça para outras pessoas participarem desse processo. Um olhar externo pode encontrar melhorias a serem feitas que você não veria com facilidade, por já estar “acostumado” com o novo modelo.

Escolha o melhor provedor de soluções digitais

Um dos pontos que mais merecem atenção são os provedores que escolherá. A GoDaddy é líder no mercado e apresenta soluções diversas para quem deseja ter um site completo, desde o domínio até a hospedagem. Comece agora mesmo!

Beatriz Okubo
Bia Okubo é Publicitária especializada em Marketing Digital e Analista de Conteúdo na Agência Mestre, onde trabalha criando conteúdos de valor para empresas se desenvolverem e gerarem bons resultados em seus negócios. Acredita que um dia tem poucas horas para muitas ideias e, por isso, confia no poder de um conteúdo estratégico. Escreve para seu próprio blog, grava vídeos, estuda e quando não está fazendo nada disso, pode esperar que alguma outra estratégia está por vir!