O Que É DHCP e Para Que Serve Este Servidor?

Entenda o que é DHCP e qual a sua importância!

Você sabe o que é DHCP? Talvez já tenha ouvido falar, mas não saiba exatamente o que isso significa e qual função ele tem, certo?

Quando falamos em uma rede de computadores, existem alguns recursos que são utilizados para otimizar todo o processo de comunicação entre os dispositivos e servidores desta rede.

Um deles é o protocolo DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol), que nada mais é do que um provedor que faz com que as máquinas dentro de determinada rede consigam obter um endereço de IP de maneira automática.

Quer entender melhor como ele funciona e qual a sua importância para uma rede de computadores? Então, continue a leitura!

Neste artigo, você irá entender:

  • o que é servidor DHCP;
  • qual a importância do servidor DHCP;
  • como o protocolo DHCP funciona;
  • modelos de funcionamento da escolha de IP.

O que é DHCP? 

Entender o que é DHCP é bem simples. Ele é um protocolo de configuração dinâmica para uma rede de computadores. Ou seja, uma série de definições de gerenciamento que são usadas para tornar o processo de configuração de dispositivos em redes IP automatizados. 

Sua função é atribuir automaticamente aos dispositivos conectados:

  • endereço IP;
  • gateway padrão;
  • máscara de sub-rede;
  • entre outras configurações.

Qual a importância do DHCP?

A importância do DHCP está diretamente ligada à facilidade de configuração de uma rede que conta com grandes quantidades de dispositivos conectados. Para entender melhor essa ideia, imagine o seguinte cenário:

Você é um administrador de uma rede que tem 300 computadores conectados. Muita coisa, certo? Agora, pense que você precisaria fazer, de forma manual e individual, a atribuição de IP e de outros parâmetros em cada um desses dispositivos.

Parece trabalhoso, não é mesmo? E realmente é!

Mas, com o protocolo DHCP, o cenário se torna muito mais rápido e prático para os administradores. Afinal, seu principal objetivo é, justamente, facilitar esse processo.

É por meio deste protocolo que um servidor conseguirá fazer a distribuição automática dos parâmetros necessários sempre que eles forem solicitados para que uma conexão à rede seja feita.

Agora que você viu o que significa DHCP e como ele contribui para o processo de distribuição de endereços IPs para as máquinas de uma rede, provavelmente, deve estar tentando imaginar como ele faz isso. Então, para entender melhor, continue a leitura.

DHCP: como configurar?

Basicamente, podemos dizer que o funcionamento do protocolo DHCP é dividido em duas etapas:

Primeiro, o que chamamos de cliente, que pode ser qualquer tipo de dispositivo (computador, celular, impressora etc) tenta se conectar em uma determinada rede. Nesse momento, é enviada uma mensagem de solicitação ao servidor DHCP responsável.

Com essa mensagem, é solicitado todas as configurações de rede do servidor. E como configurá-lo? Com as seguintes informações:

  • endereço IP;
  • gateway;
  • DNS;
  • entre outros.

Na segunda etapa do processo, o servidor DHCP responde ao cliente enviando um pacote que contenha as informações que foram solicitadas. 

Assim, o dispositivo já estará permitido a se conectar na rede com o endereço IP e outras configurações que foram atribuídas a ele nesta segunda fase.

Modelos de funcionamento da escolha de IP

A escolha do IP que será atribuído para cada dispositivo da rede pode ser realizada de três maneiras diferentes:

  1. manual;
  2. automática;
  3. dinâmica.

Saiba como cada uma funciona:

1. Manual

No modo manual, o endereço IP atribuído pelo DHCP varia de acordo com o MAC (Medium Access Control) de cada placa de rede. Isso significa que cada dispositivo só poderá utilizar este mesmo endereço que foi concedido a ele.

Esta forma de escolha de IP para os computadores de uma rede é feita em situações nas quais é preciso que uma máquina tenha um endereço fixo.

2 . Automática

Já no modo automático, uma determinada quantidade de endereços é disponibilizada para ser utilizada na rede que foi configurada. Ou seja, quando um dos dispositivos da rede solicitar uma conexão, o IP atribuído a ele será um dos que foram indicados pelo administrador

3. Dinâmica 

Por último, mas não menos importante, temos o modo dinâmico. Ele tem o funcionamento muito parecido com o automático. Sua diferença é que o tempo de conexão de um dispositivo com um endereço de IP é limitado. 

Ou seja: o administrador define e configura um período em que a máquina ficará conectada ao endereço atribuído antes de ser desconectada e precisar solicitar um novo acesso.

Agora que você já sabe o que é DHCP e viu qual é a importância deste protocolo dentro de uma rede com muitos dispositivos, que tal entender um pouco mais sobre o endereço de IP? Faça a leitura e garanta os melhores resultados em relação às configurações da sua rede de computadores!

Gostou do conteúdo? Viu como é simples entender o que é servidor DHCP? Maravilha! E se você estiver procurando hospedagem em um servidor que sirva às necessidades do seu site, você precisa ficar por dentro dos planos de hospedagem da GoDaddy!

São diversas opções de acordo com o tamanho e necessidade de performance do seu site. Garanta o melhor de estabilidade e segurança com as opções da GoDaddy!

Lívia Bentini
Lívia Bentini é redatora da Agência Mestre. Adora escrever e acredita que compartilhar conteúdo de valor enriquece as trocas entre o público e uma marca. Sempre quer aprender coisas novas e adora o seu trabalho, porque ele o coloca frente a vários assuntos diferentes. Fora da vida profissional, ela gosta de estar em contato com a natureza, conversar sobre a vida e conhecer novos lugares.