Entenda o que é domínio de rede, para que serve e como criar essa estrutura

Saiba tudo sobre domínio de rede!

Você sabe o que é domínio de rede ou já ouviu falar nele? Ele funciona como um grupo administrativo de redes de computadores conectadas conjuntamente a um servidor principal.

Essa prática é muito comum em ambientes corporativos para conectar os computadores de todos os funcionários e lideranças a uma solução que pode gerenciar todos eles simultaneamente, conhecida como Controlador de Domínio.

Isso permite uma administração padronizada de cada um desses computadores às mesmas regras, o que garante mais segurança e uniformidade nos processos.

Se você já viveu o cotidiano interno de uma empresa, é provável que você já tenha tido contato com essa infraestrutura de informação. Ela exige um log de autenticação que a conecta com o domínio de rede da organização e, a partir desse momento, sua navegação fica limitada às diretrizes do controlador.

Quer entender melhor o que é um domínio de rede, como ele funciona e tirar algumas dúvidas sobre o assunto? Então vem com a gente e leia o conteúdo até o fim!

O que é domínio de rede?

Domínio de rede consiste em grupo de servidores que funcionam como estação de trabalho para padronizar o acesso e as regras de navegação em um ambiente específico, como um local de trabalho de uma empresa.

Nessa infraestrutura, há uma base de dados centralizada a qual os nomes de contas e dos computadores participantes estão conectados.

Esse processo é um facilitador para grandes estruturas corporativas que contam com dezenas ou até centenas de acessos a computadores. 

E como funciona um domínio de rede?

Para que essa coordenação seja posta em prática é fundamental a figura do Controlador de Domínio. Ele representa o conjunto de ferramentas responsável pela autenticação de acessos dos usuários às máquinas, além de definir as regras de utilização, permissões e bloqueios comuns a cada departamento ou colaborador.

O Controlador de Domínio tem um painel com um conjunto de regras às quais todas as contas e computadores subordinados devem seguir, além de também armazenar todas as informações relevantes para gerenciamento da rede, como:

  • logins e senhas dos usuários;
  • administradores de domínio;
  • computadores, gadgets e outros dispositivos conectados à rede;
  • e a plataforma para compartilhamento de arquivos.

Vale salientar que todas essas tarefas administrativas são exclusivas do Controlador de Domínio. Contas de usuários conectados não têm acesso às informações de outros dispositivos.

Para que serve o domínio de rede?

Entendeu o que é um domínio de rede? Maravilha! Mas, na prática, para que ele serve e que benefícios ele traz para a gestão administrativa.

Em poucas palavras, podemos definir três benefícios claros criar um domínio de rede para seu negócio, especialmente em tempos de transformação digital, que são:

  • segurança;
  • padronização;
  • controle;
  • e eficiência.

Quando falamos de segurança, estamos falando da capacidade que o Controlador tem de autenticar todos os acessos e logons realizados nos dispositivos conectados à rede. Inclusive, dependendo da complexidade da estrutura organizacional, pode ser necessária a introdução de mais um Controlador para dar conta da demanda e aumentar a confiabilidade dos processos.

Já a padronização diz respeito ao conjunto de regras e protocolos que os usuários conectados ao domínio de rede possuem. Quanto ao controle, ele funciona mais como uma decorrência dos outros dois itens.

Já a eficiência se dá pela unificação de todas as máquinas em um servidor com logon único. Dessa forma, ao contratar um novo funcionário, basta liberar o acesso de seu dispositivo ao domínio de rede que ele já terá acesso a todos os processos e dados aos quais ele tem permissão e que são relevantes para seu trabalho.

A importância de criar um domínio de rede centralizado começa a se tornar evidente a partir do momento que uma empresa tiver mais de dez máquinas sendo utilizadas. Dessa forma, esse software vai garantir que todos consigam, por exemplo, imprimir documentos de uma impressora apenas, garantindo mais otimização e eficiência no ambiente de trabalho.

Como criar um domínio de rede?

Para criar um domínio de rede é preciso adquirir um serviço de gerenciamento específico. A Microsoft, por exemplo, oferece o Active Directory e há também a opção do Azure. 

Cada software possui particularidades e processos próprios para criar um domínio de rede. Entretanto, será exigido que você crie um endereço de IP Estático, que só pode ser mudado pelo administrador. 

Esse protocolo reunirá as regras de comunicação entre os dispositivos do domínio de rede. A máquina central onde foi criado o IP Estático para o domínio de rede deve permanecer fixa. Se ela for transportada para outro local, ele utilizará outro endereço de IP.

Não confunda domínio de rede com domínio de site

Nesse artigo explicamos para você o significado de domínio de rede. Existem outras nomenclaturas e conceitos no mundo digital que também levam o nome domínio consigo, como o domínio de site.

Entretanto, eles não são a mesma coisa. O domínio de site, na verdade, corresponde ao endereço que conecta um site da internet ao usuário que tenta acesso por meio do navegador.

Gostou do conteúdo? Entendeu direitinho o significado de domínio de rede? Para mais conteúdos sobre o tema, fique de olho nas novidades do blog da GoDaddy Brasil! Até a próxima!

Rafael Queiroz Bastos
Rafael é redator da Agência Papoca. Jornalista e com mestrado em literatura, ele encontrou no Marketing de Conteúdo a possibilidade de exercer uma escrita criativa que conecta as marcas com seu público. O cinema e a literatura são duas formas de arte que despertam sua paixão nos tempos livres.