O que é e-mail marketing? Vale a pena investir nele?

Conte com o e-mail para sua estratégia digital!

Caso tenha uma marca digital e ainda não saiba o que é e-mail marketing, saiba que você pode estar perdendo inúmeras possibilidades de aumentar suas vendas e fidelizar mais clientes.

Dúvidas? Pois as pesquisas comprovam! 

Para se ter uma ideia, atualmente há cerca de quatro bilhões de usuários de e-mail no mundo todo, segundo o Hubspot. A probabilidade de seu negócio ter uma grande quantidade de clientes nesse montante é grande, não é verdade? 

Principalmente quando dados da OptinMonster mostram que 92% da população adulta online utiliza o e-mail como canal de comunicação.

Esses números, por sua vez, trazem repercussões diretas nos lucros das empresas. Negócios que implementaram uma campanha segmentada de e-mail marketing tiveram um aumento médio de 760% nos lucros, ainda segundo o Hubspot.

Com esses dados claros, é possível concluir que ao entender o que é e-mail marketing e implementar essa estratégia no seu negócio, você pode aumentar consideravelmente o alcance de sua marca. 

Afinal, contra números não há argumentos, não é verdade? Isto é, o cenário é bastante positivo para quem quer alcançar mais clientes em potencial e enriquecer a captação e nutrição de leads.

Portanto, vamos falar sobre como funciona e-mail marketing de forma mais aprofundada para que você entenda em detalhes seu histórico e vantagens? Continue a leitura até o fim, pois nós vamos te ensinar TUDO sobre esse assunto!

Confira!

O que é e-mail marketing?

O e-mail marketing nada mais é que uma estratégia de comunicação entre marca e cliente. Por meio dela, a empresa consegue enriquecer a relação com o cliente através de um contato direto e segmentado que contempla diversas etapas da jornada do cliente.

Esse mecanismo, por exemplo, propicia o enriquecimento de leads para que clientes possam receber contatos personalizados com ofertas de produtos, informações de compras e anúncios de eventos e promoções.

Além disso, entender o que é e-mail marketing também se mostra fundamental para a retenção dos clientes. Afinal, com os dados armazenados de compras anteriores, o pós-venda pode ser tanto uma ótima oportunidade para um atendimento ainda mais personalizado, como também para a implementação de técnicas de upsell e cross-sell.

E o que são essas estratégias? Elas consistem em novas interações de pós-venda que objetivam oferecer novos produtos/serviços para aprimorar a experiência do cliente com a compra anterior.

O fato é que o e-mail marketing evoluiu bastante antes de chegar a esse modelo mais maduro e eficaz que vemos nos dias de hoje.

Clique no link abaixo e saiba mais sobre e-mail marketing com a GoDaddy:

O surgimento do e-mail marketing

Você pode ficar surpreso, mas a história do e-mail marketing vai para bem além do início de sua popularização na década de 90. Para sermos mais específicos, sua origem remete ao final dos anos 70, quando esse canal de comunicação foi pela primeira vez utilizado para vendas.

No caso, o gerente de marketing da Digital Equipment Corp, um homem chamado Gary Thuerk, enviou 400 e-mails para pessoas diversas com o intuito de promover os computadores vendidos pela empresa. 

E essa tentativa deu certo? O saldo do experimento realizado por Gary Thuerk resultou em 13 milhões de dólares em vendas de computadores. 

Como podemos ver, desde os primórdios de sua prática, o e-mail marketing já mostrava a sua eficiência. Com a massificação das contas de correio eletrônico durante a década de 90, essa prática ganhou ainda mais adeptos. Porém, passou a ser utilizada de maneira indiscriminada, o que levava boa parte dos contatos para a caixa de spam.

O desenvolvimento do e-mail marketing

Por isso, novos métodos de interação precisariam ser desenvolvidos para evitar o envio indiscriminado e pouco eficiente de e-mails para pessoas aleatórias que nem constituíam as características da persona ou público-alvo da empresa.  

Com o passar do tempo, práticas antes populares, como a compra de lista de e-mails de usuários aleatórios para fazer disparo de e-mail marketing, tornaram-se defasadas tanto pelo caráter  antiético, como pelos maus resultados apresentados.

Diante disso, a necessidade de pensar em boas práticas de comunicação e regras de envio tornou-se algo crucial para entender o que é e-mail marketing. 

Como vamos ver no tópico seguinte, os novos métodos ajudaram tanto a mitigar prejuízos das empresas em campanhas eficientes, como para propiciar um atendimento mais personalizado em prol da experiência do cliente. 

Continue a leitura para entender o funcionamento e impacto do e-mail marketing nos dias de hoje!

Como funciona o e-mail marketing?

A consolidação das boas práticas somadas ao avanço da transformação digital ajudaram a fortalecer o sucesso dessa estratégia. 

O surgimento de novos canais, como as redes sociais, possibilitou uma atuação convergente com o e-mail marketing e ainda mais eficiente.

As mídias sociais e o tráfego orgânico, por exemplo, tornaram-se espaços para captação de leads que seriam melhor trabalhados para a conversão por meio do e-mail marketing.

Somadas à convergência de canais, as ferramentas de automação para e-mail marketing também trouxeram recursos para aprimorar a segmentação dos clientes para disparos de acordo com a campanha de divulgação.

De fácil manuseio, a equipe de marketing pode segmentar campanhas de disparos de acordo com estágio no funil de vendas e até com o perfil de consumo do cliente. 

Dessa forma, é possível operar mensagens em massa de forma orientada e eficiente para que cada alvo receba interações personalizadas, que dialoguem com suas expectativas e necessidades e, por fim, aprimorem a sua experiência de compra em prol da fidelização.

Portanto, não há meio de entender como funciona o e-mail marketing sem levarmos em consideração as ferramentas de automação. Elas são fundamentais para o sucesso de qualquer campanha realizada através deste canal nos dias de hoje. 

Confira três ideias de e-mail marketing para aumentar a conversão em vendas para seu negócio:

Quais são os tipos de e-mail marketing?

Agora que você entendeu direitinho o que é e-mail marketing, que tal falarmos um pouco sobre seus principais tipos. Afinal, uma estratégia de marketing digital é complexa e existem várias modalidades de e-mail que contemplam objetivos diferentes.

Vamos falar um pouco sobre os mais famosos. Confira! 

Newsletter

A Newsletter é a maneira mais espontânea e leve de interagir com seu público e ela está diretamente associada a uma estratégia de marketing de conteúdo

Imagine, por exemplo, que seu negócio possui um blog no WordPress com publicações periódicas e intimamente relacionadas ao seu nicho de mercado.

Essa é uma ótima forma de oferecer conteúdo educativo e de qualidade periodicamente no e-mail do seu lead ou cliente. É esse o intuito da newsletter, que, em tradução direta, significa “carta de notícias”.

Ela é um dos meios menos agressivos de e-mail marketing, pois não há uma oferta explícita de produto, mas a disponibilização de conteúdo de qualidade para enriquecer o conhecimento do cliente e ele se tornar mais engajado com a marca.

Promocional

Diferentemente da newsletter, o objetivo do e-mail promocional, mais do que gerar engajamento, é conduzir o lead à conversão. Essa é uma ótima oportunidade, portanto, para: 

  • divulgar produtos que estão em promoção;
  • disponibilizar materiais gratuitos, como e-book e webinars;
  • ou fazer upselling e cross-selling, no caso do pós-venda.

Lembre sempre que a personalização é fundamental. Por isso, não faça promoções e ofertas direcionadas de forma indiscriminada. A segmentação é fundamental para que cada etapa do funil de vendas seja contemplada com um e-mail direcionado e assertivo.

Reconversão de leads e clientes inativos

Falando em personalização, ela é de suma importância para tentar trazer de volta leads e clientes que estão inativos. Afinal, deve haver alguma razão que levou essas pessoas a se distanciar da marca.

Pode ter sido a falta de um novo contato mais incisivo, a busca em outro concorrente, dentre muitas outras possibilidades. 

Por isso, um e-mail cujo objetivo é fisgar de volta antigos leads e clientes deve levar à personalização ao máximo e atuar diretamente a favor das necessidades do público.

Aqui, muitas das vezes, é um excelente momento para um produto com descontos exclusivos, “compre um leve outro”, dentre outras opções. 

Sazonal

Nada melhor para estreitar seus laços com o clientes e leads do que demonstrar que você se importa com ele, não é verdade? 

Diante disso, mandar mensagens sazonais desejando feliz aniversário ou, simplesmente, fazendo alusão a qualquer outra data comemorativa é uma excelente forma de demonstrar cuidado e explicitar os princípios e valores constitucionais da empresa.

Alguns exemplos de datas importantes que você deve explorar no e-mail marketing são:

  • Dia das Mães;
  • Natal;
  • Dia dos Pais;
  • Dia do Orgulho LGBTQIA+
  • entre outras.

Boas-vindas e Onboarding

No caso das boas-vindas, esse é o e-mail que você pode enviar a um prospect após ele se converter em lead. 

Isso acontece, geralmente, por um ato proativo de preenchimento de formulário para fazer o download de um material complexo e rico (e-book, webinar…) ou assinando uma newsletter.

Além de um ato de cortesia, o e-mail de boas-vindas é uma ótima chance para abastecer seu lead com informações relevantes sobre a sua marca.

Por sua vez, o e-mail de onboarding deve ocorrer logo após uma conversação. Além dos agradecimentos protocolares e confirmação da compra de um produto ou serviço, nele também deve ter instruções (caso necessárias) sobre o funcionamento e manuseio da nova compra.

Esse é um ótimo momento para demonstrar cuidado com o cliente, além de colocar a loja à disposição para possíveis problemas e até ofertar upselling e cross-selling que possam enriquecer a experiência do consumidor e aumentar o ticket médio da negociação.

Para que serve o e-mail marketing? 5 vantagens

E aí, já deu para entender melhor para que serve o e-mail marketing, certo? Entretanto, vamos encerrar nosso conteúdo com uma pequena lista das cinco principais vantagens de investir nessa estratégia. Vamos lá:

vantagens do e-mail marketing

São muitas vantagens que fazem valer a pena entender o que é e-mail marketing, não é verdade? Gostou do nosso conteúdo? Esperamos que sim! Procuramos tirar todas as suas dúvidas a respeito dessa estratégia tão importante para marketing digital.

Se você deseja impulsionar o crescimento da sua empresa na internet, a GoDaddy possui um pacote de marketing digital que vai otimizar sua performance em diversos canais estratégicos do mundo digital, desde e-mail marketing, anúncios pagos, tráfego orgânico até as redes sociais.

Não perca tempo e comece gratuitamente agora mesmo!

Rafael Queiroz Bastos
Rafael é redator da Agência Papoca. Jornalista e com mestrado em literatura, ele encontrou no Marketing de Conteúdo a possibilidade de exercer uma escrita criativa que conecta as marcas com seu público. O cinema e a literatura são duas formas de arte que despertam sua paixão nos tempos livres.