O que é Funil de Vendas e sua Importância para os Negócios

Os poderes do funil de vendas!

Você criou uma loja on-line com ótima estrutura, segue à risca todos os manuais para a melhor experiência do usuário, mas, ainda assim, as taxas de conversão não estão no pico? Então, é hora parar e repensar todas as suas estratégias. A boa notícia é que, neste artigo, você vai descobrir o que é funil de vendas, como ele é importante para o marketing digital e, consequentemente, para o seu pleno sucesso! Confira! 

O que é funil de vendas?

O funil de vendas, método do inbound marketing, foi criado para a análise de toda a jornada de compra dos clientes dentro de um site. Ou, seja, é uma forma que você pode usar para estudar cada passo dos seus consumidores, desde o momento em que eles conhecem a sua marca até adquirirem o seu produto ou serviço. 

O que acontece é que, a partir dessa avaliação detalhada, fica muito mais fácil criar estratégias que funcionem para cada perfil de consumidor. Com isso, você pode aumentar seu número de vendas.

Entendendo mais sobre a importância do funil de vendas

Agora que você já sabe o que é funil de vendas, vamos falar mais a respeito da importância desse método e como fazê-lo. 

Para começar, sugerimos que você observe novamente as taxas do seu e-commerce usando a ferramenta do Google Analytics. Atente-se para os números referentes a: 

  • sessões (visitas de todo o site);
  • novas sessões (usuários que acessam a página pela primeira vez); 
  • conversões (quantidade de visitas dividido pelo número de aquisições). 

É muito provável que os dois primeiros indicadores tenham números bem maiores do que o terceiro. Ou seja, as pessoas até acessam e navegam pela sua loja virtual, mas não chegam a realizar compras. Por quê?   

A questão é que nem todo que chega à sua marca está preparado para adquirir seus produtos e serviços. O ideal, então, é criar etapas que o inbound marketing chama de: 

  • atração;
  • interação;
  • relacionamento;
  • venda;
  • fidelização. 

Como fazer tudo isso? Usando estratégias baseadas em etapas do funil de vendas. As fases são as seguintes:

Topo de funil

O topo de funil é o começo de tudo, ou seja, os consumidores ainda não conhecem a sua marca. Para exemplificar, vamos supor que você venda pacotes de viagens nacionais e internacionais, ok? 

Imagina que uma pessoa esteja pesquisando preços de passeios nos sites de buscas, como no próprio Google. Então, ela encontra a sua página virtual e descobre que a sua marca vende dezenas de viagens. 

Neste momento, é pouco provável que o usuário já compre um destino, afinal, ele ainda está checando informações, comparando preços, etc. As condições para fazer esse visitante se tornar o chamado lead (cliente em potencial) depende da próxima fase. 

Meio de Funil

Neste estágio, é fundamental que você ofereça muitas informações a respeito dos seus serviços. Afinal, é a etapa em que o cliente precisa ser convencido de que você pode solucionar a “dor” dele.

Por isso, foque na criação de conteúdos para páginas de produtos, categorias, departamentos. Além disso, um blog também pode ajudar bastante na geração de leads e, também, fazer com que a sua marca vire autoridade em determinado segmento. 

Fundo de Funil

Por fim, chegamos à parte mais esperada deste post sobre o que é funil e sua importância. Este estágio representa o momento em que os clientes absorveram muito das suas informações e, assim, já sabem que os seus serviços podem solucionar o “problema” deles. Dessa forma, a conversão pode acontecer de modo mais simples. 

Outra dica valiosa é explorar o neuromarketing — gatilhos mentais que fazem com que as pessoas escolham determinados produtos e serviços. Um dos exemplos dessa técnica é o imediatismo, ou seja, frases como: “Compre agora antes que acabe” ou “Esse pacote de viagem é por tempo limitado”. 

Vale ainda lembrar que o processo de fidelização dos clientes também é muito importante. Para isso, você pode considerar, por exemplo, as estratégias de e-mail marketing.

Outras dicas para vender mais

É importante sempre destacar a necessidade da manutenção do seu e-commerce por meio do SEO (otimização para mecanismos de buscas). Afinal, sem esse cuidado, a sua loja on-line pode simplesmente não aparecer nos resultados de busca dos sites. 

Além disso, invista também no CRO (otimização de conversão), uma área que identifica e aponta soluções para as seguintes partes:

  • carrinho de compras;
  • página de checkout;
  • UX (User Experience) e mais. 

Com todas essas dicas, o seu e-commerce pode alcançar resultados surpreendentes! Não perca mais tempo e defina agora mesmo suas novas estratégias!

Gostou de saber sobre o que é funil de vendas e sua necessidade para os negócios? Então, continue aqui pelo blog e confira as soluções digitais da GoDaddy!