O Que São Sites Em PHP?

Saiba mais sobre esta linguagem!

Já ouviu falar de sites em PHP mas não entendeu muito bem o conceito? Se você está em construindo a presença de sua empresa na web ou pensando em embarcar em uma carreira de desenvolvedor, é essencial que saiba sobre uma das linguagens mais utilizadas da internet.

Conheça os benefícios de utilizar o PHP em seus projetos!

Por que criar sites em PHP?

Atualmente existem diversas linguagens de programação que podem ser utilizadas para a criação de sites, aplicativos, jogos e funções específicas em uma página da web. Para entender o que são sites em PHP, é preciso compreender por que essa linguagem é utilizada em determinados projetos e quais são os seus benefícios.

O que é PHP?

O PHP é uma linguagem de programação “open source”, ou seja, aceita a colaboração de vários programadores para que seja adaptada para diversos objetivos. Por ser livre e não possuir custo de licença, também é uma opção mais econômica para projetos de TI.

A sigla PHP significava “Personal Home Page” na época de sua criação (anos 90), e era basicamente uma interface para analisar quantas visitas recebia uma determinada página da web.

Foi só em 1998 que passou a se caracterizar como uma linguagem de desenvolvimento, pois a abertura do código permitiu que várias pessoas contribuíssem para o crescimento da aplicação. A partir disso, a sigla passou a significar “PHP Hypertext Preprocessor”, que pode ser traduzido para “PHP pré-processador de hipertexto”.

Características

O PHP tem como principal característica a responsabilidade de comunicação com o servidor, ou seja, não interfere na parte visual de um site — desenvolvida com JavaScript, HTML, CSS, entre outras linguagens para desenvolvimento.

Assim, o script do PHP é acessado e visualizado somente pelos programadores e responsáveis com acesso. Por este motivo, também é chamada de linguagem de back-end.

Com esta aplicação é possível criar interações com banco de dados e também mesclá-lo com outras linguagens para criar páginas dinâmicas, o que não seria possível com o HTML, que permite somente conteúdos estáticos.

Por conta de sua simplicidade e pela possibilidade de implementar aplicações e funções mais interessantes em sites, gigantes da indústria também já utilizaram essa linguagem em seus sistemas, como o YouTube, WordPress e Facebook.

Em que pode ser aplicado?

Já mencionamos alguns pontos importantes sobre a construção de sites em PHP, porém, ainda há mais vantagens no uso da linguagem. Com ele você tem um leque amplo de opções, podendo criar um sistema de pagamento ou uma loja virtual. Confira algumas possibilidades:

  • scripts no lado do servidor — é uma das principais aplicações da linguagem, ou seja, é utilizada mais para os comandos de gerenciamento do que na parte visual das páginas. Com esta característica, sites em PHP podem ser configurados para responder a alguma ação do usuário de forma automática;
  • programação para servidores locais — você pode construir programas que rodam somente em uma rede interna, como uma intranet empresarial;
  • aplicações de desktop — também é possível criar softwares que podem ser instalados em computadores para resolver problemas específicos.

O PHP também é adaptável para a maioria dos sistemas operacionais — Microsoft Windows, Mac OS, Linux, etc. Isso quer dizer que você poderá escolher entre vários serviços de hospedagem de sites, que a maioria das empresas suportarão páginas escritas nesta linguagem.

Isso também ocorre com os servidores da web, garantindo assim mais possibilidades de compatibilidade na hora de programar. É importante ressaltar também que, com essa linguagem, também é possível gerar imagens, animações em Flash e arquivos em PDF.

Vantagens de programar com PHP

Desenvolver aplicações em PHP tem diversos benefícios quando o assunto é compatibilidade com hosts, bancos de dados e servidores web. Porém, ainda há alguns pontos a destacar a favor desta linguagem:

  • solidez no mercado — o PHP existe há mais de 20 anos e continua firme e forte como uma das melhores opções para desenvolvimento back-end. Isso é um ponto positivo também para os programadores, pois há muito conteúdo e fóruns de resolução de problemas na internet, o que facilita na hora de escrever as aplicações;
  • economia — você não precisará investir tanto na estrutura se comparado a outras linguagens, pois tem a possibilidade de rodar aplicações em sistemas que também são gratuitos, como o Linux;
  • aprendizado rápido — é uma das melhores alternativas para iniciar seu aprendizado em programação, pois é mais simples de compreender e possui uma boa demanda no mercado de trabalho, sem contar a opção de atuar como freelancer.

Agora que você sabe o que são sites em PHP, está na hora de aprofundar ainda mais seus conhecimentos em tecnologia e marketing digital. Siga as dicas do blog da GoDaddy Brasil e aplique-as para seu negócio deslanchar!

Daniele Souza
Daniele Souza é jornalista por formação e curiosa por natureza. Atua como Analista de Conteúdo na Agência Mestre, onde trabalha com o que mais gosta de fazer— a escrita — para ajudar pessoas e negócios. Tem sede de aprender sobre tudo, principalmente marketing digital, design, línguas e história. Aprecia as pequenas coisas, como uma boa conversa com amigos e tempo com a família. Sempre foi fissurada por leitura e ama o gênero de não-ficção. Você pode se conectar com Daniele no LinkedIn.