Quais as Estratégias Para Um Site de Empresa B2B?

Faça seu site estar preparado!

Se seu negócio é uma empresa B2B, ou seja, se faz parte da modalidade de comércio entre empresas — tradução de Business-to-Business —, precisa saber como criar um site ideal, adequando ao seu tipo de público. 

Isso porque ter uma casa digital que favoreça seu tipo de empreendimento é a chave para lucrar mais, já que muitos vão tomar conhecimento da sua empresa pela internet e entender mais sobre seus produtos e serviços.

O que não pode faltar em um site para empresa B2B?

Antes de montar o seu site institucional ou loja virtual, é importante ter atenção com os pontos cruciais e compreender o que não pode faltar. Esses detalhes farão a diferença, pois eles que vão diferenciar você dos concorrentes e tornar suas informações mais acessíveis, proporcionando uma ótima experiência de usuário.

1. Conteúdo institucional bem estruturado e estratégico

Ter um conteúdo bem estruturado pode ajudar você em duas questões estratégicas:

  • dá mais autoridade à sua empresa frente ao público-alvo — quem acessar suas páginas vai entender que você domina o segmento e que se preocupou em construir um site com informações ricas e relevantes;
  • dá mais autoridade à sua empresa frente ao Google e outros buscadores — ter textos criados com palavras-chave estratégicas e também contextualizados de maneira responsável, sem “encher linguiça”, ajuda você a ganhar relevância entre os concorrente e se destacar nos resultados de pesquisas.

2. Contatos acessíveis

Como o seu público de interesse são outras empresas, a dica é que você tenha os seus meios de contato o mais acessível por isso.

É importante que as pessoas tomadoras de decisão de outras corporações encontrem com total facilidade e-mail, telefone e outras formas de conversar com seus colaboradores.

Tenha uma área específica para isso, mas não esqueça de criar links em outras páginas e botões que levem os usuários ao contato direto com o seu negócio. Afinal, mesmo que o seu site seja um e-commerce, é importante facilitar o acesso, já que nesse cenário corporativo as negociações e acordos são recorrentes.

3. Formas de pagamento claras, bem como outras possibilidades

Se já tem ou vai criar uma loja on-line, a dica é tornar as formas de pagamento claras e, mesmo que não seja um e-commerce e o fechamento seja feito presencialmente, você pode ter um espaço para abordar o assunto.

Por exemplo: tenha uma página destinada à inserção de tabela de preços, taxas de impostos, bem como as formas de pagamento viáveis. Lembre-se sempre do botão para facilitar o contato.

4. Boa hierarquia nos buscadores

Para tornar seu site mais fácil de ser encontrado, é preciso seguir algumas boas práticas de SEO. Já citei acima a importância do conteúdo estratégico, mas, além disso, também é necessário ter atenção com outros pontos técnicos como:

  • apoio de um blog — para construir mais autoridade em temas de fundo, meio e topo de funil, ou seja, de profundidades diferentes que atendem à jornada do consumidor em suas mais variadas etapas;
  • imagens de boa qualidade, mas que não sobrecarreguem o site;
  • links internos intuitivos e úteis para levar os usuários às informações desejadas;
  • mapa do site — estrutura bem organizada e que ajuda os visitantes a se localizarem;
  • URLs amigáveis — por exemplo: site.com.br/url-amigavel ao invés de site.com/452855.

Estes são só alguns tópicos que podem fazer a diferença quando o assunto é rankear melhor o seu site de empresa B2B para que outras companhias o encontre.

5. Responsividade

Você já ouviu falar em site responsivo? Isso significa que ele foi feito para se adaptar a diversos formatos de tela. Como as pessoas estão cada vez mais conectadas à internet por meio de dispositivos móveis, não há um padrão de dimensões e é preciso que sua casa digital esteja preparada para receber usuários que acessam de dispositivos diferentes.

Assim, a imagem não ficará distorcida, os textos não estarão cortados e não haverá outras complicações que comprometam a experiência.

Como criar um site para empresa B2B?

Agora você já sabe o que é crucial para que seu site de empresa B2B seja bem estruturado. O próximo passo é, então, saber como colocar todas essas dicas em prática.

1. Monte um mapa do seu site com tudo o que precisa ter nele

Para começar, crie um mapa do site, ou seja, uma estrutura que contenha tudo o que você precisa ter, hierarquicamente. 

Por exemplo: comece pelas páginas e categorias básicas, como:

  • início;
  • sobre a empresa;
  • serviços;
  • tabela de preço;
  • entre outros tópicos e subtópicos.

É importante que você coloque apenas o que é necessário para seu negócio e divida em outras subpáginas os assuntos que podem ficar melhor organizados separados dos demais.

2. Conte com o website builder da GoDaddy

Com base na estrutura que desenhou, você pode colocar em prática com o criador de sites da GoDaddy. Com uma ferramenta intuitiva e alguns cliques é possível desenvolver suas páginas da web, sem precisar de conhecimentos técnicos em programação. Não é incrível?

3. Faça testes e ajustes necessários

Com seu site pronto, chegou a hora de fazer testes. Acesse como se fosse um cliente em potencial e peça para que outros também verifiquem seu site.

Por meio da experiência das pessoas, veja se a construção foi feita adequadamente, se você está oferecendo uma boa experiência e levando os usuários até as informações que precisam.

O que precisar de ajuste pode ser modificado por você mesmo, já que utilizou nossa plataforma fácil e prática para criar seu site de empresa B2B.

Gostou das dicas? Para mais conteúdos sobre criação de sites, empreendedorismo e muito mais, acompanhe as publicações do blog da GoDaddy!

Beatriz Okubo
Bia Okubo é Publicitária especializada em Marketing Digital e Analista de Conteúdo na Agência Mestre, onde trabalha criando conteúdos de valor para empresas se desenvolverem e gerarem bons resultados em seus negócios. Acredita que um dia tem poucas horas para muitas ideias e, por isso, confia no poder de um conteúdo estratégico. Escreve para seu próprio blog, grava vídeos, estuda e quando não está fazendo nada disso, pode esperar que alguma outra estratégia está por vir!