Quais os Principais Tipos de Banco de Dados?

Escolha a melhor opção!

Você sabia que a maioria das informações importantes sobre a sua vida estão guardadas e espalhadas por diversos tipos de banco de dados?

Nosso dia a dia é regido pela troca e registro de informações. As suas aplicações no banco, o número do seu CPF, o que você posta nas redes sociais, tudo isso fica registrado em algum lugar.

Os bancos de dados não ganham a fama, mas são cruciais para que a sociedade possa se desenvolver tecnologicamente e continuar evoluindo. Quer saber um pouco mais sobre os principais tipos desta tecnologia? Confira!

O que é banco de dados?

A ideia de um banco de dados não é nada moderna, afinal, não passa de um apanhado de informações sobre um determinado assunto. Os seus cadernos de escola ou planilhas que faz no trabalho podem entrar neste conceito.

No sentido tecnológico do tema, um banco de dados precisa organizar informações digitalmente de uma forma estruturada. Assim, podem ser recuperadas de maneira rápida.

Para que isso seja possível, é necessário uma forma de administrar esses dados. É isso que faz um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados, também conhecido por sua sigla, SGBD.

Este sistema pode ser entendido como um software responsável por ser um intermediário entre o banco de dados e o usuário, e deve responder aos comandos para manipular, alterar ou recuperar informação.

Categorias de bancos de dados

Há duas formas com as quais os bancos de dados podem organizar as informações: relacional e não relacional. Cada uma tem uma aplicação ideal, confira:

Relacionais

Esta forma de organização dos bancos de dados se caracteriza por organizar informações em tabelas e depende da integração entre colunas e linhas.

Assim, algum tipo de dado fica na coluna, e a descrição das informações fica contida nas linhas. É ideal para utilizar quando precisa-se armazenar informações tabulares de pouca complexidade, e que precisam ser recuperadas agilmente.

Essa é a forma de armazenamento mais utilizada, pois oferece alta confiabilidade. Porém, é necessário uma estrutura de relacionamento entre tabelas para que as informações possam ser recuperadas.

A linguagem usada para manipular essas informações é o SQL (Structured Query Language).

Não relacionais

O formato não relacional atende uma parcela de dados que não podem ser inseridos e acessados através de tabela, como por exemplo, imagens. É muito valorizado pela sua alta performance e por manter todos os registros em um único lugar.

Portanto, não é necessário criar um sistema de relacionamento entre informações, como os bancos de dados relacionais. Como as informações não estão associadas entre si, é mais fácil fazer alterações e exclusões no conteúdo. A linguagem utilizada é o NoSQL (Not Only SQL).

Tipos de banco de dados mais utilizados

Na hora de escolher a opção para sua empresa e para armazenar dados do cliente é necessário identificar para que ele será utilizado. Conheça os principais tipos de banco de dados do mercado:

Oracle

Foi lançado em 1980 e consiste em um banco de dados relacional. É uma das opções mais utilizadas no mercado, e tem como característica principal suas múltiplas funcionalidades. Pode ser instalado em diversos sistemas de operação e tem alta escalabilidade, ou seja, aumenta sua capacidade à medida que cresce a demanda.

SQL Server

Criado pela Microsoft no final da década de 80, utiliza a linguagem T-SQL. Possui diversas ferramentas úteis de integração com os pacotes de programas da empresa, como o Excel, e uma plataforma com recursos de alta velocidade para atualização de informações.

Trabalha com informações criptografadas para garantir a segurança, por isso, é comum seu uso em meios corporativos e governamentais.

MySQL

O MySQL é um dos tipos de banco de dados no modelo relacional, que trabalha de forma open source, ou seja, com o código aberto para a modificação de programadores. Pertence à Oracle e sua praticidade ganhou adeptos de empresas como Google e Facebook, que utilizam esse banco para uso em aplicações on-line.

DB2

É o banco de dados criado pela empresa IBM, e se caracteriza por ser econômica e ao mesmo tem lidar com quantidades robustas de informação. Pode ser utilizado em várias plataformas, inclusive o da própria empresa que o criou. Possui confiabilidade e rapidez, mesmo lidando com uma base grande de dados.

Agora que você conhece melhor o conceito e os tipos de banco de dados, fica muito mais fácil tomar decisões importantes para seu negócio, não é mesmo?

Confira mais artigos com dicas de tecnologia e empreendedorismo no blog da GoDaddy! Temos conteúdos novos toda semana para te ajudar!

Daniele Souza
Daniele Souza é jornalista por formação e curiosa por natureza. Atua como Analista de Conteúdo na Agência Mestre, onde trabalha com o que mais gosta de fazer— a escrita — para ajudar pessoas e negócios. Tem sede de aprender sobre tudo, principalmente marketing digital, design, línguas e história. Aprecia as pequenas coisas, como uma boa conversa com amigos e tempo com a família. Sempre foi fissurada por leitura e ama o gênero de não-ficção. Você pode se conectar com Daniele no LinkedIn.