Você Sabe o Que É Landing Page?

Convertendo visitantes!

Já foi provado que o marketing digital é mais efetivo do que o marketing tradicional, sabia? Os resultados vêm rapidamente, são mais assertivos e — o melhor de tudo — é mais barato. São várias as esferas envolvidas. Uma delas é o Inbound Marketing, que busca construir uma relação com o possível cliente e, futuramente, vender. Entender o que é landing page é essencial para aplicá-la de forma correta e efetiva.

Porém, antes de entender verdadeiramente o que é landing page é preciso nos aprofundarmos um pouco mais no Inbound Marketing. As empresas precisam, cada vez mais, desenvolver novas estratégias para chamar a atenção, certo? A essência é desenvolver e compartilhar conteúdos relevantes, nutrindo aquela pessoa de várias maneiras até ela estar pronta para comprar o seu produto. Tudo on-line.

O que é landing page e qual sua função?

Uma landing page é, basicamente, uma página de conversão. É lá que você transforma o seu tráfego de pessoas em leads (leads são potenciais consumidores que demonstraram algum interesse naquilo que você oferece).

Para entender o que é landing page é preciso compreender que dentro dela estão contidas informações que convencem a pessoa que está trafegando das algumas de suas informações pessoais (como nome e e-mail para contato) em troca de um conteúdo rico de seu interesse.

Já ouviu falar ou fez o download de algum e-book na internet? Muitos destes materiais foram pensados, desenvolvidos e veiculados com o objetivo de nutrir leads. Essa nutrição significa que eles estão sendo preparados para a compra de seu produto, independente de qual seja.

A partir do momento que você tem informações de contato de seu lead, também consegue desenvolver maneiras de conhecê-lo melhor.

Elementos que compõem uma landing page

Agora que você já sabe o que é landing page, é hora de entender melhor quais são os elementos que a compõem. Primeiramente, a parte mais importante é o formulário, já que ele é a essência da conversão. É preciso refletir sobre esse tópico com muita calma, pois ele influencia diretamente na sua porcentagem de conversão.

Formulários muito longos, por exemplo, não são atrativos. Portanto, logo de cara, colher apenas informações primordiais é o mais indicado.

O segundo ponto é a oferta que você está fazendo. O que você dará em troca para aquele possível lead? Ele precisa enxergar valor no que você tem a oferecer. É preciso pensar em qual estratégia mais se adequa ao seu produto e ao material que você dará.

Por último, mas não menos importante, temos o call to action (termo em inglês para a expressão “chamada para ação”). Em landing pages, o CTA é o botão. Se o usuário clicar no botão… sucesso! Você conseguiu mais um lead.

Para saber mais sobre estratégias que podem alavancar o seu empreendimento continue acompanhando o blog da GoDaddy!

Nadjine Terhoch
Jornalista e apaixonada por literatura e fotografia, Nadjine Terhoch trabalha como Analista de Marketing de Conteúdo na Agência Mestre, produzindo uma grande variedade de materiais ricos e curiosos. Já foi colunista da Revista Casa Claudia e acredita nos comércios locais e pequenos produtores de sua região, optando por apoiá-los sempre que possível. Você pode se conectar com Nadjine no Instagram (@nadjine)