Hospedagem clássica e de sites Ajuda

Como localizar suas strings de conexão do banco de dados

Aplicativos orientados a bancos de dados, como o WordPress, usam strings de conexão para acessarem o banco de dados da sua conta de hospedagem.

Para localizar suas strings de conexão do banco de dados

  1. Faça login no Gerenciador de contas.
  2. Clique em Hospedagem Web.

Clique em um dos seguintes, com base no seu tipo de hospedagem. Você pode determinar a opção certa pela segunda palavra da descrição da sua hospedagem abaixo do nome de domínio da sua conta de hospedagem, por exemplo, Deluxe Web se correlaciona com Web/Classic (Hosting Control Panel).

Web/Classic (Hosting Control Panel)

  1. Ao lado da conta de hospedagem que deseja usar, clique em Iniciar.
  2. Na seção Bancos de dados do Hosting Control Panel, clique no ícone MySQL ou SQL Server.
  3. Na lista de bancos de dados, clique em Ações ao lado do banco de dados que deseja usar e depois clique em Detalhes.
  4. Clique em Amostra de código.

Linux (cPanel)

Como o cPanel hospeda bancos de dados localmente, use localhost como o nome do host do banco de dados.

Para obter mais informações sobre como usar as strings de conexão do seu banco de dados, consulte Como ver os detalhes do seu banco de dados com contas de hospedagem compartilhada.

Windows (Plesk)

Clique em Bancos de dados.

Você pode acessar o banco de dados usando o endereço IP na coluna Servidor de bancos de dados.

Não inclua a porta depois do endereço IP do banco de dados MySQL. Por exemplo, se seu Servidor de bancos de dados for 1.1.1.1:3306, use 1.1.1.1 como nome do host.

Se você precisar de informações de login para o banco de dados, acesse a guia Usuários. Se você precisar alterar as informações de login de usuário do seu banco de dados, consulte

Para obter mais informações, consulte

.


Este artigo foi útil?
Agradecemos seus comentários. Para falar com um representante do atendimento ao cliente, ligue para o suporte ou utilize a opção de bate-papo acima.
Ficamos felizes em ajudar! Há algo mais que possamos fazer por você?
Mil desculpas. Conte-nos o que estava confuso ou por que a solução não resolveu o seu problema.